Levy diz que governo tem vontade e meios para os ajustes necessários

A afirmação foi feita hoje (23) em um evento organizado pela Câmara de Comércio França-Brasil, em São Paulo, de acordo com sua assessoria de imprensa

Comentar
Compartilhar
23 FEV 201519h27

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, avalia que o "o governo tem vontade e meios para fazer os ajustes necessários para responder ao novo ambiente global e promover um novo ciclo de crescimento". A afirmação foi feita hoje (23) em um evento organizado pela Câmara de Comércio França-Brasil, em São Paulo, de acordo com sua assessoria de imprensa.

No encontro, Levy destacou ter havido um desequilíbrio fiscal significativo, que levou ao aumento da relação da dívida com o Produto Interno Bruto (PIB, soma de bens e serviços produzidos no país) em 2014, mas acrescentou que o desequilíbrio está sendo corrigido.

De acordo com o ministro, o Brasil tem um potencial de mercado muito grande. "O padrão de informações e hábitos pode contribuir para o crescimento. Temos que ampliar a educação para aumentarmos o padrão competitivo", disse.

Joaquim Levy disse que o governo tem vontade e meios para os ajustes necessários (Foto: Agência Brasil)