Ladrões fazem vendedor refém em Guarujá e roubam R$ 42,8 mil

Vítima estava com o dinheiro na conta-corrente devido à venda de um terreno

Comentar
Compartilhar
07 AGO 2020Por Gilmar Alves Jr.18h14
O caso foi registrado na Delegacia Sede de GuarujáFoto: Arquivo/DL

Dois criminosos mantiveram um vendedor de carros, de 27 anos, como refém por quase uma hora em Guarujá e consumaram o roubo de R$ 42,8 mil da conta-corrente da vítima mediante transferências via aplicativo e com saque de uma parte em espécie em caixa eletrônico. A vítima estava com o dinheiro na conta-corrente devido à recente venda de um terreno. A Polícia Civil apura a identidade dos bandidos, que usaram um Fiat Mobi preto no delito, e estavam de máscaras cirúrgicas.

Devido ao prejuízo e ao estado de choque, conforme apurou o Diário do Litoral, a vítima sequer conseguiu trabalhar nesta semana.

O crime ocorreu na tarde da última segunda-feira (3), sendo comunicado pela vítima no dia seguinte na Delegacia Sede de Guarujá. O vendedor relatou aos policiais que caminhava pela Rua Maranhão quando foi dominado pelos dois bandidos, sendo que o passageiro do Mobi exibiu uma arma de fogo e ordenou que ele entrasse no carro.

O vendedor foi levado até uma agência bancária na Enseada. Dentro do veículo, ao obterem mediante ameaças a senha da vítima, os bandidos iniciaram uma série de transferências, via aplicativo.

Um dos bandidos levou o homem até os caixas eletrônicos, onde ele foi obrigado a fazer quatro saques, que totalizaram R$ 3,5 mil. O criminoso chegou a dizer para a vítima que havia um terceiro assaltante envolvido no roubo e que caso ela esboçasse qualquer reação seria morta.

Consumados os saques e as transferências, os bandidos levaram o vendedor até um outro local na Enseada, onde a libertaram.