X
Política

Kerry diz que liberdade de expressão não pode ser morta por ato de terror

De acordo com ele, os EUA estão comprometidos em trabalhar com a França para enfrentar o extremismo e promover a causa que os extremistas temem, a liberdade

O secretário de Estado americano, John Kerry, disse aos franceses que cada americano está com eles hoje. Falando em inglês e francês, Kerry afirmou que os EUA apoiam seu aliado em solidariedade após homens armados e mascarados atacarem a redação de uma revista satíria em Paris nesta quarta-feira, matando 12 pessoas.

De acordo com ele, os EUA estão comprometidos em trabalhar com a França para enfrentar o extremismo e promover a causa que os extremistas temem, a liberdade.

John Kerry, disse aos franceses que cada americano está com eles hoje (Foto: Brendan Smialowski/Associated Press/Estadão Conteúdo)

Paris foi a cidade estrangeira mais visitada por Kerry enquanto ele exerce o principal cargo diplomático do país. Na terça-feira ele se reuniu com o ministro francês de Relações Exteriores, Minister Grzegorz Schetyna, no Departamento de Estado, em Washington. 

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Praia Grande abre concursos públicos em duas áreas; salários chegam a R$ 7 mil

No total, são 77 vagas em diferentes cargos

TRÂNSITO

Obra: Prefeitura de São Vicente interdita ruas para solucionar problema de drenagem

Parte das ruas Martim Afonso e José Bonifácio está interditada por conta das intervenções

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software