X
Política

Jucá afirma que reformas têm carimbo do PMDB

Para ele, as medidas tomadas pelo governo para tirar o País da crise mudaram as vidas das pessoas e é preciso que o partido defenda isso

Para Romero Jucá, as medidas tomadas pelo governo para tirar o País da crise mudaram as vidas das pessoas e é preciso que o partido defenda isso / Fotos Públicas

Seguindo o tom do presidente Michel Temer, o presidente do PMDB, senador Romero Jucá (RR), disse nesta segunda-feira, 18, que o governo está deixando um "legado" e que essas ações têm o "carimbo" do partido.

Para Jucá, as medidas tomadas pelo governo para tirar o País da crise mudaram as vidas das pessoas e é preciso que o partido defenda isso. "Nós temos que ter o carimbo do PMDB nas ações que o presidente Michel Temer está fazendo. Na eleição do ano que vem nós temos que defender esse legado", disse.

As declarações foram entendidas como uma resposta ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Em entrevista ao jornal "Folha de S.Paulo" neste domingo, 17, Maia afirmou que o candidato à Presidência da base aliada em 2018 não precisaria ter o nome de Temer tatuado na testa. Segundo ele, bastaria que o candidato defendesse uma agenda de reformas.

Jucá também afirmou que na convenção do partido, marcada esta terça-feira, dia 19, será feita a mudança do nome da legenda para MDB. "Nós não queremos ser só uma força política, queremos ser um movimento", disse.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

COPA DO MUNDO 2022

Saiba o que há por trás da estampa de oncinha na nova camisa da seleção brasileira

A peça virou assunto nas redes sociais nesta semana, quando foi divulgada pela CBF, a Confederação Brasileira de Esporte, como o uniforme nacional da Copa do Mundo de 2022

NPF

R$ 8 mi em créditos da Nota Paulista vencem neste mês; veja como não perder o seu

Participa do programa Nota Fiscal Paulista todo contribuinte que informou o CPF em compras no Estado de São Paulo

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software