John Kerry quer discutir com a Arábia Saudita uma pausa humanitária no Iêmen

O secretário parabenizou a Arábia Saudita pelos esforços de alcançar os civis no Iêmen e criticou o Irã, culpando-o de apoiar os rebeldes para continuarem com a violência

Comentar
Compartilhar
06 MAI 201514h33

O secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, disse que irá discutir com a Arábia Saudita uma maneira de como implementar uma pausa humanitária na guerra civil no Iêmen.

Kerry anunciou nesta quarta-feira uma ajuda de US$ 68 milhões para suprir as necessidades de alimentos, água e abrigo no Iêmen. Além disso, ele afirmou que os EUA iriam doar US$ 2 milhões para ajudar Djibuti a lidar com o afluxo de refugiados iemenitas. Djibuti é um pequeno país da África de onde partem as missões dos EUA para o Iêmen e fica a 249 quilômetros da cidade portuária de Áden, no Iêmen.

John Kerry disse que irá discutir com a Arábia Saudita uma maneira implementar uma pausa humanitária na guerra civil no Iêmen (Foto: Brendan Smialowski/Associated Press/Estadão Conteúdo)

O secretário parabenizou a Arábia Saudita pelos esforços de alcançar os civis no Iêmen e criticou o Irã, culpando-o de apoiar os rebeldes para continuarem com a violência.

Kerry disse ainda que acredita que uma pausa nos combates poderia ser organizada nos próximos dias.