Governo está pronto para fazer concessão de três aeroportos, diz Padilha

Em audiência na Câmara, o ministro lembrou que a Infraero, como acionista das concessões de aeroportos, também tem que aportar capital nos novos projetos

Comentar
Compartilhar
06 MAI 201513h42

O ministro da Secretaria de Aviação Civil (SAC), Eliseu Padilha, reafirmou nesta quarta-feira, 6, que o governo está pronto para fazer a concessão de três aeroportos para a iniciativa privada: Porto Alegre, Florianópolis e Salvador.

A entrada de mais aeroportos no plano de concessão, no entanto, foi descartada por Padilha. Em audiência na Câmara, o ministro lembrou que a Infraero, como acionista das concessões de aeroportos, também tem que aportar capital nos novos projetos. Mais concessões, portanto, significaria mais custos para a estatal.

Eliseu Padilha reafirmou que o governo está pronto para fazer a concessão de três aeroportos para a iniciativa privada (Foto: Agência Brasil)

"Por que temos as três concessões? Porque, dessa forma, o plano de reestruturação da Infraero fica de pé. Ela poderá ter recursos próprios e ser competitiva", comentou.

Padilha disse que a presidente Dilma pediu que pelo menos mais um aeroporto seja analisado. Segundo o ministro, a definição de um quarto aeroporto dependerá de qual Estado da região Nordeste do País será transformado em um tipo de 'hub' das companhias aéreas. Esse é o critério que, segundo ele, baseará a escolha para uma próxima concessão. "É coisa para o futuro, não agora", comentou, sem dar mais detalhes.