X

Política

Gleisi e Haddad viajam a Curitiba para ouvir Lula sobre vice do PT

A lei eleitoral determina que a oficialização da chapa deve ser feita até 24 horas após o fim do prazo das convenções partidárias

Folhapress

Publicado em 03/08/2018 às 20:00

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Lula será consultado sobre o nome que será indicado pelo partido até este sábado (4) para a vaga de vice / Ricardo Stuckert/Instituto Lula

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann (PR), e o ex-prefeito Fernando Haddad decidiram viajar na tarde desta sexta (3) a Curitiba para consultar o ex-presidente Lula sobre o nome que será indicado pelo partido até este sábado (4) para a vaga de vice na chapa ao Planalto.

A lei eleitoral determina que a oficialização da chapa deve ser feita até 24 horas após o fim do prazo das convenções partidárias, no próximo domingo (5), contrariando os planos iniciais de Lula e do PT, que queriam indicar os nomes somente no registro das candidaturas, em 15 de agosto, para evitar desgaste e especulações sobre uma possível alternativa ao ex-presidente.

O tesoureiro da sigla, Emídio de Souza, acompanhou ambos na viagem.

Haddad é um dos cotados como plano B do PT caso Lula seja impedido de concorrer em outubro. Nos últimos dias, o nome de Gleisi ganhou força entre alguns setores da sigla para assumir o posto, e não rechaça a ideia, mas sofre resistência de outras tantas alas petistas.

Gleisi afirmou nesta sexta-feira (3) que o PT decidirá somente no sábado (4), durante a convenção nacional do partido, qual será o vice na chapa virtual de Lula -que deve ser impugnada com base na Lei da Ficha Limpa.

As opções do PT, que serão levadas para a decisão de Lula, são as seguintes: indicar Manuela D'Ávila (PC do B) para o posto, que deve ser a vice na chapa real do PT na sucessão de Michel Temer; escolher Haddad ou Gleisi para a vaga, passível de substituição a até 20 dias da eleição; ou ainda escolher uma espécie de tampão, um nome que não levantaria expectativas sobre plano B mas também pronto para a troca durante o processo.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Diário Mais

Primeiro restaurante oficial do Bob Esponja no mundo abre em São Paulo

O empreendimento terá capacidade para mais de 250 pessoas e contará com vários ambientes, incluindo espaço kids

Cotidiano

Vila dos Criadores fará parte da Poligonal do Porto de Santos

O pedido foi feito em Brasília, na última quarta-feira, pelo presidente da Autoridade Portuária de Santos e foi atendido pelo ministro de Portos e Aeroportos

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter