X
FLAGRANTE

Ex-presidente da Caixa ameaçava funcionários contra denúncias; ouça áudios

Nas gravações, Pedro Guimarães mostra que temia perda de Bolsonaro nas eleições deste ano, alegando consequências ruins ao banco

Pedro Guimarães, ex-presidente da Caixa, e Bolsonaro, durante live / Reprodução

O ex-presidente da Caixa, Pedro Guimarães, foi flagrado em gravações de áudio ameaçando funcionários do banco a não o denunciarem por suas condutas incorretas. As conversas foram obtidas pelo jornal "Metrópoles".

Em um dos áudios, o ex-líder da Caixa diz que os colaboradores que o denunciassem perderiam seus cargos. Ouça abaixo:

 

Em outra gravação, Pedro Guimarães se diz preocupado com a possível perda de Bolsonaro (PL) nas urnas em outubro, dizendo que o banco seria "estuprado" operacionalmente no possível governo Lula (PT). 

 

O ex-executivo demonstrava que são se importava com a opinião dos subordinados. “Caguei para a opinião de vocês, porque eu que mando. Não estou perguntando. Isso aqui não é uma democracia, é a minha decisão”, afirma. Ouça:

 

“Manda todo mundo tomar no c.”, diz Pedro Guimarães sobre o fato de algumas decisões não serem comunicadas a ele. Ouça:

 

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Manutenção Emergencial

Ponte Pênsil: pranchas de madeira danificadas são substituídas

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) realizou manutenção emergencial no equipamento, nesta terça-feira (16)

PRATICIDADE

Ecovias inicia projeto de pagamento de pedágio por meio de autoatendimento

Pensada para carros de passeio, a iniciativa permite o pagamento por cartão de crédito ou débito por aproximação, com mais autonomia

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software