Estado de saúde de Mandela melhorou, diz governo da África do Sul

Ex-presidente da África do Sul recebeu alta no dia 26 de dezembro, após três semanas internado em um hospital de Pretória.

Comentar
Compartilhar
02 JAN 201311h19

O governo da África do Sul informou nesta quarta-feira (2) que o estado de saúde de ex-líder Nelson Mandela está progredindo e os médicos estão monitorando de perto a sua condição. O porta-voz presidencial Mac Maharaj disse que "tudo está indo bem" enquanto Mandela, de 94 anos, descansa em sua casa em Johanesburgo depois de uma internação hospitalar no último mês.

O ex-presidente e vencedor do Prêmio Nobel da Paz recebeu alta no dia 26 de dezembro, depois de ter passado as três semanas anteriores internado em um hospital de Pretória, informou a assessoria de imprensa da presidência da África do Sul.

Mandela, líder do movimento antiapartheid, foi hospitalizado em 8 de dezembro por causa de uma infecção pulmonar. Durante a internação, ele foi submetido a uma cirurgia para a remoção de cálculos biliares.

Nelson Mandela foi hospitalizado em 8 de dezembro por causa de uma infecção pulmonar. (Foto: AP)

Mandela é reverenciado na África do Sul e no resto do mundo como símbolo do sacrifício e da reconciliação. Ele forjou seu legado na luta contra o apartheid, o regime racista implementado pela minoria branca da África do Sul que o manteve durante 27 anos na prisão.

Depois de ser solto, Mandela exerceu um mandato de cinco anos como presidente da África do Sul após a queda do apartheid. Apesar de ainda hoje o país lutar contra a pobreza e a desigualdade social, Mandela é considerado um dos principais responsáveis por evitar que a África do Sul ingressasse em um período de caos nos primeiros anos após a queda do regime racista. As informações são da Dow Jones e da Associated Press.