X
Política

Eleições 2022: mais de 60% dos entrevistados desaprova a gestão Bolsonaro

Apesar de estar em 'eterna campanha política', Jair não teve sucesso em reconquistar seu público

Quase 2/3 do público paulista em geral está insatisfeito com o Governo de Jair Bolsonaro (sem partido) / Agência Brasil

Quase 2/3 do público paulista em geral está insatisfeito com o Governo de Jair Bolsonaro (sem partido). O levantamento da GovNet Pesquisa, que realizou 814 entrevistas durante a segunda quinzena de outubro, detectou que 64% das pessoas abordadas durante a pesquisa se demonstraram insatisfeitas com o pai de Carlos, Flávio, Eduardo e Renan devido à gestão realizada no País nos últimos três anos.

Dentre estes números, 46% das pessoas apontaram estar completamente insatisfeitas com a maneira de governar do ex-filiado ao Partido Social Liberal (PSL), quase metade de toda a mostra. Além desta fatia do público, 18% declaram estar mais insatisfeito do que satisfeitos com Bolsonaro, totalizando os 64% mencionados anteriormente.

Apesar dos problemas relativos à crise hídrica, que deve deixar a conta de luz dos brasileiros muito mais cara do que no início de seu mandato, das polêmicas envolvendo os baixos valores do auxílio durante a pandemia e do desemprego em mais de 14,5%, o que representa mais de 14 milhões de brasileiros sem ocupação, um total de 18% dos entrevistados afirmou estar mais satisfeito do que insatisfeito com a gestão de Jair no Governo Federal. Além disso, 17% das pessoas apontaram que estão completamente satisfeitas com o trabalho de Bolsonaro. Um por cento não soube opinar a respeito.

INDEFINIÇÃO.

Mesmo já tendo declarado inúmeras vezes que disputará a reeleição em 2022, Bolsonaro ainda não bateu o martelo sobre qual será a sua próxima legenda. Nesta primeira semana de novembro, ele admitiu que trata os partidos que disputam sua preferência como “namoradas” e revelou que além de PL e PP, o Republicanos teria entrado na disputa para servir de base ao atual Presidente da República.

“Eu tenho que ter um partido. Não pode ficar para última hora essa questão aí”, concluiu Bolsonaro.

Prefeitos conseguem ‘blindagem’ maior contra insatisfação pública

Os governos municipais conseguiram “se blindar” de maneira mais sólida frente a inúmeros problemas em diversos setores do País.

De acordo com os dados levantados pela mesma pesquisa, 50% dos entrevistados declararam estar insatisfeitos com a maneira de gerir por parte de seus prefeitos no município onde moram. Dentre estes, 26% disseram estar completamente insatisfeitos, enquanto 24% declararam estar mais insatisfeitos do que satisfeitos.

“Do outro lado da moeda”, 48% dos entrevistados afirmaram estar satisfeitos com o que vem sendo feito nas prefeituras. Apesar dos prefeitos terem sido os maiores alvos dos comerciantes locais durante o longo período de fechamento devido à pandemia, 30% responderam que estão mais satisfeitos do que insatisfeitos com o Executivo municipal enquanto 18% se demonstraram completamente satisfeitos. Ao todo, 3% das pessoas não souberam opinar a respeito.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Futebol

Recuperado da covid-19, Carille comanda treino, mas não irá a campo neste sábado

Carille só poderá comandar o Santos no clássico contra o Corinthians, na próxima quarta-feira, às 21h35, na Neo Química Arena, em São Paulo, pela terceira rodada do Estadual

Polícia

130 kg de cocaína são apreendidos durante operação no Porto de Santos

A droga só pôde ser acessada com o auxílio de mergulhadores

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software