Eleição no Condesb

O prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão, deve entregar a presidência do Condesb ao prefeito de Santos, João Paulo Tavares Papa, nesta terça-feira

Comentar
Compartilhar
03 MAR 201300h36

O prefeito de Santos, João Paulo Tavares Papa, deve ser eleito o novo presidente do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Baixada Santista (Condesb), sucedendo o prefeito de Praia Grande, Alberto Mourão. A eleição será na reunião da próxima terça-feira, às 10 horas, na Prefeitura de Santos.

Os conselheiros devem aprovar ainda a liberação de recursos do Fundo Metropolitano para as prefeituras de Guarujá e São Vicente. Em Guarujá, os recursos da ordem de R$ 798 mil devem ser destinados ao projeto de urbanização da orla de Pitangueiras. Já para São Vicente há a expectativa do repasse de R$ 416 mil para o recapeamento asfáltico da Avenida José Monteiro.

A eleição do presidente e do vice acontecerá após a votação dos balanços do Fundo de Desenvolvimento Metropolitano e da Agência Metropolitana da Baixada Santista (Agem), relativos a 2006. O mandato para 2007 se estende até 27 de fevereiro de 2008. Está praticamente acertada entre os nove chefes de Executivo da região, a eleição do prefeito de Santos.

Balanço

Durante a última gestão, as principais discussões dos conselheiros ficaram em torno do aumento do teto SUS — repasse do Governo Federal às prefeituras para a Saúde — e melhorias do sistema viário metropolitano em função também da atividade portuária.

Contudo, visando a melhoria do transporte público metropolitano, o Condesb conseguiu a realização de uma pesquisa de “origem-destino” junto aos usuários do transporte metropolitano e intermunicipal, contratada por meio da Secretaria de Transportes Metropolitanos do Estado. Os estudos, conforme informou a assessoria de imprensa de Praia Grande, ainda estão em andamento. A partir da conclusão da pesquisa, o conselho pretende estudar possíveis alterações nas linhas e itinerários intermunicipais que melhor atendam moradores da Região.

Extraordinária

Nesta segunda-feira, o Condesb promove reunião extraordinária para discutir a proposta de implantação de portos secos no País, sem exigências de licitação pública, bastando a autorização da Receita Federal, como previa a Medida Provisória 320/06, arquivada pelo Senado Federal. O encontro está previsto para as 9 horas, no WTC, na Rua XV de Novembro, 111, no Centro, em Santos.