É uma surpresa, nunca tive relação com esse povo da Petrobras, diz senador

Benedito de Lira (PP-AL) alega que se reuniu com o então diretor de Refino e Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, uma única vez

Comentar
Compartilhar
06 MAR 201521h24

O senador Benedito de Lira (PP-AL) se disse surpreso com a inserção de seu nome na lista de parlamentares que serão investigados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por suposto envolvimento em desvios na Petrobras.

"É uma surpresa muito grande. Nunca tive relação com esse povo da Petrobras. Vou em busca de detalhes para entender o que está acontecendo", afirmou o senador.

Ele afirmou que ainda não teve acesso ao processo divulgado na noite desta sexta-feira, 6, pelo ministro Teori Zavaski, relator da ações referentes à Lava Jato no STF.

O senador alega que uma única vez em que se reuniu com o então diretor de Refino e Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, foi para pedir uma audiência com o então presidente da estatal, Sérgio Gabrielli, para discutir a instalação do estaleiro de Alagoas. "Não tenho conhecimento de nada que envolva a Lava Jato", afirmou. Costa é um dos delatores do esquema que teria desviado mais de R$ 10 bilhões em contratos da estatal.

Benedito de Lira (PP-AL) se disse surpreso com a inserção de seu nome na lista (Foto: Agência Brasil)