Doria diz que respeita decisão de Huck de não concorrer à Presidência

O apresentador anunciou em artigo na Folha de S.Paulo, nesta segunda-feira (27) que não será candidato a presidente em 2018

Comentar
Compartilhar
28 NOV 2017Por Folhapress08h30
João Doria disse que respeita a decisão de Luciano Huck de não concorrer à PresidênciaJoão Doria disse que respeita a decisão de Luciano Huck de não concorrer à PresidênciaFoto: Divulgação/TV Globo

O prefeito João Doria (PSDB-SP), que recuou da ideia de tentar a Presidência, mas ainda é apontado como provável candidato, disse "respeitar" a decisão de Luciano Huck. Huck anunciou em artigo na Folha de S.Paulo, nesta segunda-feira (27) que não será candidato a presidente em 2018.

"A hora é de trabalhar por soluções coletivas inteligentes e inovadoras para o país, e não de focar o próprio umbigo ou de alimentar polêmicas pueris e gritas sem sentido", disse o apresentador.

Huck disse que vai atuar cada vez mais, sempre de acordo com suas crenças. E concluiu: "Contem comigo. Mas não como candidato a presidente".

A um repórter que perguntou a Doria se ele não irá se candidatar, o prefeito de São Paulo respondeu: "Quem falou?".

Pré-candidato, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) disse que o apresentador "é jovem, tem muita estrada pela frente ainda".

"Eu não tô preocupado", respondeu à Folha de S.Paulo, ao ser questionado se seria melhor para ele que o comunicador não concorresse.

Doria e Bolsonaro participam de evento promovido pela revista "Veja", em São Paulo.