Dilma e Cristina Kirchner devem se reunir na Argentina em fevereiro

O objetivo é discutir o fortalecimento das parcerias entre os dois países e a revisão dos acordos comuns já em curso.

Comentar
Compartilhar
23 JAN 201310h16

Em fevereiro, as presidentas Dilma Rousseff e Cristina Kirchner, da Argentina, devem se reunir em El Calafate para discutir o fortalecimento das parcerias entre os dois países e a revisão dos acordos comuns já em curso. A reunião foi confirmada pelo embaixador argentino no Brasil, Luis María Kreckler. Segundo ele, o encontro deve ocorrer no dia 28 de fevereiro.

Antes, haverá uma reunião preparatória entre integrantes dos dois países. Em novembro, Dilma e Cristina Kirchner se reuniram e ressaltaram a dinâmica da integração bilateral e regional nos últimos anos, nas mais distintas áreas.

No fim desta semana, Dilma deverá ir a Santiago, no Chile, para a Cúpula Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos e União Europeia. Antes da viagem à Argentina, a presidenta pretende comparecer à Cúpula América do Sul-África , em Malabo, na Guiné Equatorial.

Reunião entre presidentas do Brasil e da Argentina foi confirmada pelo embaixador argentino no Brasil, Luis María Kreckler. (Foto: Agência Brasil)