Dilma diz a blogueiros que nome do novo ministro do STF sai hoje

A presidente, no entanto, não quis antecipar quem indicará para assumir a vaga aberta por Joaquim Barbosa, que se aposentou em 31 de julho do ano passado

Comentar
Compartilhar
14 ABR 201516h28

Em entrevista concedida a seis blogueiros chamados de progressistas, simpatizantes do governo, convidados pelo Palácio do Planalto, a presidente Dilma Rousseff anunciou que vai divulgar nesta terça-feira, 14, o nome do novo ministro do Superior Tribunal Federal. Dilma, no entanto, não quis antecipar quem indicará para assumir a vaga aberta por Joaquim Barbosa, que se aposentou em 31 de julho do ano passado. Entre os nomes cotados estão o jurista do Paraná Luiz Fachin, que tem apoio de integrantes da cúpula do PMDB, e os ministros do Superior Tribunal de Justiça Benedito Gonçalves, Mauro Campbell e Luiz Felipe Salomão. A informação foi prestada por Paulo Moreira Leite, do Blog Brasil 247.

Na entrevista, segundo postagem da Revista Fórum, a presidenta Dilma disse que acha que "o Brasil deve voltar a crescer a partir do final do ano" e que "tem gente que acha que isso pode acontecer já no começo do segundo semestre, mas ela ainda acha que só no final do ano é que a recuperação se iniciará".

Dilma Rousseff anunciou que vai divulgar nesta terça-feira, 14, o nome do novo ministro do Superior Tribunal Federal (Foto: Roberto Stuckert Filho/PR)

À pergunta de Cynara Menezes do Blog Socialista Morena sobre se a presidente concordava com capa da Carta Capital que dizia que o verdadeiro presidente é o Joaquim Levy, a presidente Dilma teria respondido: "A capa é só jornalística e que não se coaduna com a realidade sob qualquer hipótese", comentou a presidente, de acordo com a postagem da Revista Fórum.

Sobre a tensão com o Congresso, que está prestes a votar do ajuste fiscal e da terceirização, a presidente teria afirmado: "Tem uma tensão no Congresso, mas nós nunca perdemos uma votação como aquela MP da CPMF, que significou menos R$ 40 bilhões para o governo". A presidente se referia à derrota do governo Lula em votação no Congresso que acabou por extinguir a CPMF, em dezembro de 2007.

Estavam presentes no encontro também Altamiro Borges, do Blog do Miro, Luis Nassif - Blog do Nassif, Maria Ines Nassif, da Carta Maior, e Renato Rovai, do Blog do Rovai da Revista Fórum.