X

Política

Derrotado, Haddad declara gasto 15 vezes maior que Bolsonaro em campanha

O petista entregou sua declaração na tarde deste sábado (17), data limite para que os candidatos que disputaram o segundo turno apresentassem suas contas.

Folhapress

Publicado em 18/11/2018 às 16:18

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Haddad durante campanha no 2º turno. / Divulgação

Derrotado na eleição presidencial deste ano, Fernando Haddad (PT) declarou neste sábado (17) ter gastado em sua campanha um valor 15 vezes maior que aquele declarado ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL).

O petista entregou sua declaração na tarde deste sábado (17), data limite para que os candidatos que disputaram o segundo turno apresentassem suas contas.

Pelas informações prestadas, Haddad arrecadou aproximados R$ 35,4 milhões (sendo R$ 33,7 em recursos financeiros) e gastou R$ 37,5 milhões, restando uma dívida de campanha de cerca de R$ 3,8 milhões.

Impedido de disputar a eleição com base na lei da Ficha Limpa, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que ocupava a cabeça de chapa antes de Haddad, ainda antes do primeiro turno, havia declarado arrecadação de R$ 20,6 milhões e gastos de R$ 19,8 milhões.

Já Bolsonaro declarou ter arrecadado R$ 4,4 milhões e gastado R$ 2,5 milhões. Ele já havia entregue suas contas. Vítima de uma facada em 6 de setembro, Bolsonaro passou a maior parte da campanha no hospital ou em casa, recuperando-se.

A área técnica do Tribunal Superior Eleitoral concluiu na segunda-feira (12) análise preliminar da prestação de contas da campanha de Bolsonaro e apontou 17 indícios de irregularidade na documentação entregue pela equipe do presidente eleito.

Reportagens da Folha de S.Paulo mostraram a campanha de Bolsonaro omitiu dados da prestação de contas do primeiro turno.

Algumas das informações também não foram apresentadas na prestação final das contas da campanha, entre elas o trabalho de um dos principais advogados da campanha, Tiago Ayres.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Praia Grande

Neste começo de semana, PAT de Praia Grande está com vagas de emprego

Candidato deve possuir cadastro no PAT de Praia Grande

Santos

UME Irmã Maria Dolores deverá ser entregue em setembro, em Santos

Nova escola do bairro Vila Nova poderá atender 174 alunos, mais que o dobro das 83 vagas do imóvel que ocupa atualmente

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter