Delúbio diz no Twitter que foi vítima de "julgamento de exceção"

O ex-tesoureiro do PT foi condenado a 8 anos e 11 meses de prisão pelo STF pelos crimes de formação de quadrilha e corrupção ativa

Comentar
Compartilhar
16 NOV 201311h59

O ex-tesoureiro do PT e condenado no processo do Mensalão Delúbio Soares, informou há pouco via Twitter que se apresentará à Polícia Federal em Brasília para começar a cumprir a pena imposta pelo Supremo Tribunal Federal.

"Apresentando (sic) às autoridades em Brasília para o cumprimento da pena que me foi imposta em julgamento de exceção. Viva o PT! Viva o Brasil!", diz a mensagem.

Delúbio foi condenado a 8 anos e 11 meses de prisão pelo STF pelos crimes de formação de quadrilha e corrupção ativa. Ele começará a cumprir a pena em regime semiaberto, porque pediu a revisão da condenação por formação de quadrilha. Se a revisão for aceita pelo STF, a pena seria reduzida para 6 anos e 8 meses.

Delúbio Soares informou há pouco que se apresentará à Polícia Federal para começar a cumprir a pena imposta pelo STF (Foto: Divulgação)