X
Política

De lados opostos na eleição, governador e prefeito de SP selam pacto de colaboração

Os dois anunciaram que as questões eleitorais ficarão de fora da relação entre o governo e a prefeitura

Em campos opostos na pré-campanha para o Palácio dos Bandeirantes -França tentará a reeleição e Covas apoia o ex-prefeito João Doria (PSDB) / Facebook Bruno Covas

O novo governador de São Paulo, Márcio França (PSB), e o novo prefeito da capital, Bruno Covas (PSDB), tiveram nesta quarta-feira (11) o primeiro encontro desde que assumiram os cargos, na sexta-feira (6).

Em campos opostos na pré-campanha para o Palácio dos Bandeirantes -França tentará a reeleição e Covas apoia o ex-prefeito João Doria (PSDB)-, os dois anunciaram que as questões eleitorais ficarão de fora da relação entre o governo e a prefeitura.

Os dois gravaram juntos um vídeo para as redes sociais do socialista. Na gravação, no gabinete do governador, França disse que o tucano "é um querido de muitos anos".

"Nós reafirmamos o compromisso de colocar o estado de São Paulo e a Prefeitura de São Paulo a serviço da população, que é o mais importante para todos nós", afirmou.

Covas disse que "a questão eleitoral não vai contaminar o dia a dia da Prefeitura de São Paulo e não vai contaminar o dia a dia do governo do estado nesta relação que é fundamental para melhorar a qualidade de vida da população".

França encerrou o vídeo pegando na mão de Covas e dizendo: "Boa sorte para nós dois".

O discurso é o de que será mantido o relacionamento institucional da prefeitura com o governo do estado, até a semana passada comandado pelo também tucano Geraldo Alckmin, que renunciou para concorrer à Presidência da República. Covas herdou a cadeira de prefeito com a saída de Doria para disputar a sucessão estadual.

O encontro não estava previsto na agenda pública do prefeito e foi agendado de última hora.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

Santos anuncia manutenção de ingressos a preços populares no Campeonato Paulista

Os preços dos bilhetes inteiros vão ser mantidos a partir de R$ 40,00, com a possibilidade da meia entrada a R$ 20,00 para quem dispõe do desconto para arquibancada, geral e cadeiras cativas

Cotidiano

São Vicente cria 'cápsula do tempo' com cartas que serão abertas daqui há 10 anos

Vídeo conta com personagens vicentinos e o que eles esperam para quando a Cidade completar 500 anos

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software