‘Cruel’, diz deputado sobre retirada de gratuidade a idosos

Ataíde Teruel enviou ofício ao governador João Doria pedindo volta da gratuidade a idosos de 60 a 65 anos no transporte público da Capital

Comentar
Compartilhar
05 JAN 2021Por Bruno Hoffmann - GSP22h00
Ataide Teruel é deputado estadual em São Paulo pelo PodemosFoto: Divulgação/Alesp

O deputado Ataide Teruel (Podemos) solicitou ao governador João Doria (PSDB) a volta da gratuidade no transporte público a idosos de 60 a 65 anos na capital paulista. O Governo e a Prefeitura de São Paulo, gestão Bruno Covas (também do PSDB), anunciaram que o fim do passe livre nos ônibus, trens e Metrô para idosos de até 65 anos na cidade vai valer a partir de 1º de fevereiro de 2021.

"Achei injusta e cruel a atitude do governo ao retirar, sem nenhum aviso prévio, o benefício de nossos idosos que têm entre 60 e 65 anos, de poderem utilizar gratuitamente o transporte público", afirmou Teruel.

No ofício enviado a Doria, o parlamentar pede que somente seja excluído da gratuidade quem completar 60 anos após a publicação de um novo decreto. Dessa forma, diz ele, esse público poderá se preparar antecipadamente para a mudança.

De acordo com o parlamentar, o decreto vai atingir a partir de fevereiro mais de um milhão de idosos. "Eles foram pegos de surpresa e agora passarão a pagar diariamente pelo transporte, com irreparável dano causado em suas finanças, já tão afetadas pelas atuais circunstâncias, inclusive essa nefasta pandemia que a todos atinge e que torna nossos idosos ainda mais vulneráveis", finalizou o deputado.