Coreia do Sul será governada por uma mulher pela primeira vez

Coreanos elegeram a filha do ex-presidente Park Chung-hee, Park Geun-hye, de 60 anos.

Comentar
Compartilhar
20 DEZ 201213h14

Pela primeira vez na história, a Coreia do Sul terá uma presidenta. Os coreanos elegeram nesta quinta-feira (19) a conservadora Park Geun-hye, de 60 anos, na disputa com o liberal Moon Jae-in. Geun-hye é filha do ex-presidente Park Chung-hee (1963-1979), apontado como ditador por analistas políticos.

Durante a campanha, a presidenta eleita disse que está aberta ao diálogo com o governo da Coreia do Norte. Mas apelou para que o país vizinho adote medidas concretas para o fim do impasse em torno do programa nuclear.

Geun-hye teve o apoio, principalmente, do eleitorado conservador e dos idosos. A nova presidenta toma posse em fevereiro, em substituição ao atual presidente Lee Myung-bak. Na campanha, os eleitores queixaram-se da situação econômica da Coreia do Sul, da alta dos preços e do custo de vida elevado.

A previsão era que mais de 40 milhões de eleitores fossem às urnas ontem para a escolha do novo presidente da República. Foram organizados 13.542 colégios eleitorais em todo o país.

Park Geun-hye levou a melhor sobre  Moon Jae-in. (Foto: Divulgação)