Conta falsa no WhatsApp pede dinheiro em nome de Guilherme Boulos

Advogados de candidatos vão à Justiça após alguém criar uma conta em nome de Boulos, e por meio dela pedir dinheiro para pagar despesas de campanha

Comentar
Compartilhar
20 OUT 2020Por Gazeta de S. Paulo19h04
Guilherme Boulos é candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PSOLFoto: Divulgação/Fotos Públicas

Os advogados de Guilherme Boulos, candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PSOL, acionaram a Justiça Eleitoral para identificar o responsável pela criação de uma conta criada no WhatsApp em nome do candidato.

De acordo com pedido, uma pessoa criou uma conta em nome de Boulos, usando foto do candidato, e por meio dela pedia dinheiro para pagar despesas de campanha. As informações são do “Estadão”.

No mesmo dia, o juiz da 2.ª Zona Eleitoral de São Paulo, Renato de Abreu Perine, determinou prazo de 48 horas para que o Facebook, responsável pelo WhatsApp, e a Vivo forneçam dados para identificar o autor do golpe contra Boulos.

Na decisão o juiz determina ainda que a Caixa Econômica Federal (CEF) forneça dados do titular da conta usada para pedir dinheiro e que o Ministério Público Eleitoral seja informado sobre o ocorrido para tomar as providências cabíveis. Com informações da Gazeta de São Paulo.