SABESP AGOSTO DESK TOPO
SABESP AGOSTO MOB

Chico Buarque, Casagrande e MST apoiam novo pedido de impeachment de Bolsonaro

Pedido lista supostos crimes de responsabilidade praticados pelo presidente

Comentar
Compartilhar
14 JUL 2020Por Gazeta de S. Paulo15h24
Pedido tem apoio de nomes como o cantor Chico Buarque, o ex-jogador Walter Casagrande e o padre Júlio LancellottiFoto: Reprodução

Um novo pedido de impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que tem apoio de nomes como o cantor Chico Buarque, o ex-jogador Walter Casagrande e o padre Júlio Lancellotti, será apresentado ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) nesta terça-feira (14). As informações são da colunista Mônica Bergamo.

O documento tem 133 páginas e lista supostos crimes de responsabilidade praticados pelo presidente. Entre os crimes citados estão falhas do governo na atuação durante a pandemia do novo coronavírus, más condutas na área ambiental, ataques contra a imprensa e direcionamento ideológico de recursos no audiovisual.

Além do apoio das personalidades, algumas entidades como a Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Intersexos (ABGLT), Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD), Central Única dos Trabalhadores (CUT), Movimento Negro Unificado (MNU), União Nacional dos Estudantes (UNE), Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), ISA - Instituto Socioambiental e o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) também aderiram ao documento.