Chávez faz tratamentos com espírito de batalha, diz Maduro

Segundo o vice-presidente Nicolás Maduro, o objetivo é alcançar o “fechamento de um ciclo” de combate ao câncer

Comentar
Compartilhar
14 FEV 201310h38

Em Cuba há dois meses, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, faz tratamentos complementares, segundo o vice-presidente Nicolás Maduro. Segundo ele, o objetivo é alcançar o “fechamento de um ciclo” de combate ao câncer. Chávez foi para Havana, em dezembro, onde fez uma cirurgia para a retirada de um tumor maligno na região pélvica e, desde então, permanece em tratamento.

"Ele [Chávez] está conduzindo [o tratamento] com um espírito de batalha. Acreditamos que ele está encerrando um ciclo de tratamento da doença”, disse Maduro, lembrando que ao visitar o presidente, em Havana, transmitiu “toda a força, [todo] o amor e a solidariedade do povo venezuelano”.

Em seguida, Maduro ressaltou que a equipe de governo está unida por Chávez. “[Estamos] seguindo suas orientações e reflexões, a partir de seu exemplo de trabalho e disciplina, no caminho socialista que tem sido atribuído ao destino da [nossa] pátria".

Desde o afastamento de Chávez do governo, no começo de dezembro, Maduro cumpre as tarefas de presidente em exercício. Ao mesmo tempo, foi aberto um processo de disputa política interna entre a oposição e os aliados de Chávez.

Com autorização da Suprema Corte da Venezuela, Chávez poderá fazer o juramento para mais um mandato presidencial, assim que retornar de Cuba. Não há uma data específica nem prazo definido.

Chávez está internado desde o dia 11 de dezembro do ano passado, em Cuba, quando foi submetido a uma cirurgia para a retirada de um tumor na região pélvica (Foto: Divulgação)