CEI da Tupec colhe depoimentos a partir de amanhã

Entre os depoentes está o autor da denúncia, o vice-presidente da Tupec, Pedro Lopes

Comentar
Compartilhar
04 FEV 201322h13

A Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Câmara de Cubatão, que investiga possível desvio de verba do Teatro Municipal, pela Associação de Amigos Tudo pela Cultura (Tupec) começará a colher depoimentos amanhã, a partir das 10 horas.

Entre os depoentes está o autor da denúncia, o vice-presidente da Tupec, Pedro Lopes. Há um ano, Lopes denunciou ao Ministério Público superfaturamento e gastos com serviços que, segundo ele, nunca foram realizados.

Lopes acusa que a Tupec era uma 'associação de fachada'. "Houve desvio de R$ 1 milhão e 800 mil, o dinheiro veio da Petrobras por meio da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura. Só a reforma do telhado custou R$ 97 mil e quando nem tinha terminado ainda já estava vazando, as coisas já estavam caindo antes de terminar.

Falavam que tinha carro alugado e na verdade não tinha carro nenhum, colocavam na mesa notas para serviços que não existiam", declarou Lopez ao DL, em julho último.

A CEI é composta pelos vereadores Paulo Tito (presidente); Geraldo Guedes (relator); José Aparecido dos Santos, o Dedinho; Francisco Leite da Silva, o Bigode; e Severino Tarcísio da Silva, o Doda, que está entrando no lugar de João Santana de Moura Villar, o Tucla.

Em julho, a prefeita Márcia Rosa de Mendonça Silva, assinou a rescisão do contrato de concessão do direito de uso do Teatro Municipal de Cubatão com a Tupec.