Câmara vota proposta de coleta seletiva na 3ªf

A ideia do projeto é permitir que o município tenha um plano de coleta específico para materiais como pilhas, baterias, carregadores, entre outros

Comentar
Compartilhar
06 ABR 201409h23

A Câmara Municipal de Cubatão vota, na próxima terça-feira, dia 8, em segunda e última discussão, o projeto de lei que dispõe sobre a implantação do Programa de Coleta Seletiva Contínua de Resíduos Eletrônicos e Tecnológicos. A matéria, de autoria do vereador Severino Tarcício da Silva (PSB), o Dóda, foi aprovado em primeira discussão no último dia 1º.

A ideia do projeto é permitir que o município tenha um plano de coleta específico para materiais como pilhas, baterias, aparelhos de telefone, carregadores, computadores, telas, televisores, mouses, impressoras, entre outros. Além da coleta, o Projeto de Lei diz que a Prefeitura deve dar destinação adequada a este tipo de material, que contém materiais pesados e tóxicos.

O objetivo é conscientizar a população, dar destinação adequada ao lixo eletrônico e tecnológico e garantir a preservação do meio ambiente. O projeto do vereador Dóda prevê que, em 180 dias, o Executivo apresente um Plano de Gestão sobre como será implantado o programa. Em dois anos, estabelece o documento, o município deve estar coletando, gerenciando e reciclando 30% do volume de eletro-eletrônicos comercializados na cidade. O volume aumenta gradativamente. Em cinco anos, serão 80%. E, em sete anos, mais de 95% do total comercializado em Cubatão.

Segundo o vereador Dóda, é importante cuidar do meio ambiente e se adequar à legislação federal, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos. “Sabemos que a iniciativa só será totalmente bem-sucedida com o apoio da população e, por isso, o projeto também contempla ações educativas e de conscientização dos moradores”, acrescentou.

Dóda é autor do projeto que já foi aprovado em 1ª discusão (Foto: Matheus Tagé / DL)

O vereador Aguinaldo Araújo (PDT) elogiou o projeto do colega e afirmou que, se o projeto for vetado, ele dará seu voto contra o veto posteriormente.

Segundo César da Silva Nascimento (PDT), a sustentabilidade está em voga e é importante cuidar do meio ambiente.

Para Fábio Moura (Pros), a reciclagem tem feito diferença em muitas cidades do País. “Seu projeto é louvável. Temos visto algumas iniciativas assim, da coleta do lixo eletrônico, em aeroportos”, exemplificou.