X

Política

Cadeia é que nem coração de mãe, diz Bolsonaro no RS

Dados do Infopen (Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias) constam que há 2 presos para cada vaga

Folhapress

Publicado em 29/08/2018 às 17:37

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

O presidenciável cumpriu agenda em Porto Alegre nesta manhã e depois foi a Esteio, na região metropolitana da capital / Nilson Bastian/Câmara dos Deputados

Questionado sobre a situação do sistema carcerário no Brasil, o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) disse saber "que aquilo, a cadeia, é a antessala do inferno", mas que, "se o Brasil tiver recursos pra fazer novas penitenciárias, no que depender de mim vamos encher aquele negócio lá, cabe mais um lá, é que nem coração de mãe."

"Eu não quero botar mais gente inocente lá dentro. Quem vai botar não sou eu, é o Poder Judiciário. Mas entre estar um marginal fazendo besteira aqui fora, deixa ele lá devidamente acomodado dentro do presídio", afirmou, na manhã desta quarta-feira (29).

A taxa de ocupação das prisões brasileiras é de 197%, ou seja, há dois presos para cada vaga no Brasil, segundo dados de 2015 do Infopen (Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias). Na prática, nove em cada dez detentos vivem em unidades superlotadas. Uma resolução do Ministério da Justiça recomenda que o limite da ocupação seja, no máximo, de 137,5%, mas todos os estados ultrapassam esse índice.

O presidenciável cumpriu agenda em Porto Alegre nesta manhã e depois foi a Esteio, na região metropolitana da capital, onde visitará a feira de agronegócios Expointer.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Polícia

Segundo suspeito por mortes de cabo da PM e filha em SP é preso em Mongaguá

A ocorrência foi registrada no 1º Distrito Policial de Itanhaém. O nome do suspeito preso não foi revelado

Diário Mais

Conheça o edifício mais alto do mundo feito em uma 'impressora 3D'

O prédio levará 900 horas para ser construído

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter