Boulos diz crer em subida nas pesquisas e sai em defesa de Lula

Para ele, a eleição é a mais imprevisível da história recente e 'o cenário está totalmente aberto'

Comentar
Compartilhar
20 AGO 2018Por Folhapress16h52
Boulos afirmou que é a favor da participação do ex-presidente no pleito "por uma questão de princípio, de defesa da democracia", independentemente de interesses eleitoraisBoulos afirmou que é a favor da participação do ex-presidente no pleito "por uma questão de princípio, de defesa da democracia", independentemente de interesses eleitoraisFoto: Rodrigo Montaldi/DL

O presidenciável Guilherme Boulos (PSOL) disse que os 0,9% que alcançou na pesquisa de intenção de votos CNT/MDA divulgada nesta segunda-feira (20) não o desanimam.

"Nossa candidatura seguramente irá crescer, nós não temos a menor dúvida, a partir do momento que as pessoas conheçam. Ninguém vota em quem não conhece", afirmou ele na saída de evento da Abdib (Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústria de Base), em São Paulo.

Para Boulos, a eleição é a mais imprevisível da história recente e "o cenário está totalmente aberto." As pesquisas, lembrou, vêm mostrando que grande parte da população não tem candidato ou quer anular o voto.

O presidenciável disse ainda que a pesquisa "reforça o absurdo que é a tentativa de retirada do Lula do processo eleitoral no tapetão". O petista lidera as intenções no levantamento.

Boulos afirmou que é a favor da participação do ex-presidente no pleito "por uma questão de princípio, de defesa da democracia", independentemente de interesses eleitorais.