X
Política

Bolsonaro veta criminalizar as fake news eleitorais; Congresso vai analisar

Bolsonaro é atualmente um dos investigados no inquérito das fake news que tramita no STF (Supremo Tribunal Federal)

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Com quatro vetos, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou hoje a Lei nº 14.197, que revoga a LSN (Lei de Segurança Nacional) e adiciona ao Código Penal uma parte especial relativa aos crimes contra o Estado Democrático de Direito.

Entre os vetos de Bolsonaro, o mais crítico se refere a um artigo que criminalizaria a promoção e financiamento de campanha de disseminação de fake news que comprometesse o processo eleitoral. O texto enviado pelo Congresso previa pena de 1 a 5 anos para a prática.

Bolsonaro é atualmente um dos investigados no inquérito das fake news que tramita no STF (Supremo Tribunal Federal) por, entre outros motivos, difundir uma série de informações falsas e sem provas contra as urnas eletrônicas. 

Os vetos de Bolsonaro serão analisados pelo Congresso Nacional em 30 dias e podem ser derrubados em caso de maioria absoluta na Câmara dos Deputados e no Senado. O texto aprovado pelo presidente entra em vigor em 90 dias.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

Corinthians mantém tabu contra o São Paulo e segue na liderança

O resultado deixa o time alvinegro na liderança da competição, com 14 pontos, dois a mais que o tricolor

Mundo

Carro de 1955 se torna o mais caro da história

Mercedes-Benz 300 SLR Uhlenhaut Coupé, de 1955, foi leiloado por 135 milhões de euros, o equivalente R$ 700 milhões

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software