X
Política

Bolsonaro recebe mensagem do papa Francisco em missa de sétimo dia de sua mãe

Apesar de sua proximidade com os evangélicos, o presidente é católico

Bolsonaro fez a primeira leitura da missa, um trecho de Coríntios / Reprodução/G1

O presidente Jair Bolsonaro (PL) participou nesta quinta-feira (27) de missa do sétimo dia da sua mãe, dona Olinda, em Brasília. A cerimônia foi pequena, na Catedral Militar Rainha da Paz, com a presença de sete ministros e leitura de uma mensagem do papa Francisco ao presidente.

"Apresento à vossa excelência e à família enlutada minhas sentidas condolências e o conforto do altíssimo", diz a mensagem do papa.

Apesar de sua proximidade com os evangélicos, Bolsonaro é católico. Ele fez a primeira leitura da missa, um trecho de Coríntios.

Acompanharam a cerimônia os ministros generais, Luiz Eduardo Ramos (Secretaria-Geral), Braga Netto (Defesa) e Augusto Heleno (GSI). Também estiveram presentes Fábio Faria (Comunicações), Ciro Nogueira (Casa Civil), Flávia Arruda (Secretaria de Governo) e Paulo Guedes (Economia).

Celebrada pelo arcebispo militar dom Fernando Guimarães, a missa foi acompanhada por cerca de 50 pessoas, a maioria assessores mais próximos e militares.

O chefe do Executivo estava acompanhado da primeira-dama, Michelle, e de Heleno na primeira fileira da catedral. Atrás dele, o chefe de gabinete Célio Faria Jr. e o secretário Nabhan Garcia.

O vereador Carlos Bolsonaro acompanhou a missa a algumas fileiras atrás do pai. Foi o único dos cinco filhos de Bolsonaro presente na cerimônia.A mãe do presidente morreu na sexta-feira

(21), aos 94 anos, em Registro, no interior de São Paulo, onde estava internada desde segunda-feira (17).

O mandatário estava em viagem oficial ao Suriname e antecipou a volta para participar do enterro em registro.
"Que Deus a acolha em sua infinita bondade", escreveu Bolsonaro ao anunciar o falecimento de Dona Olinda, em suas redes sociais.

A causa da morte não foi anunciada pela família. Segundo o presidente disse a apoiadores na última quarta-feira (19), ela tinha Alzheimer e sequer saberia que ele havia se tornado presidente.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Esportes

'Difícil, mas o não a gente já tem', diz presidente do Santos sobre Neymar

O Santos acredita que, se Neymar sair mesmo do PSG, seu destino será outro clube da Europa

Cubatão

Claudio Barazal é o novo secretário municipal de comunicação social de Cubatão

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software