X
Política

Bolsonaro espalha manifesto de federação de empresários de MG contra o STF

Nele, a Fiemg diz esperar que a 'exacerbação' do STF 'seja revisada'

A entidade já tinha se alinhado a Bolsonaro ao se recusar a assinar o manifesto pela harmonia entre os Três Poderes / Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro está espalhando por WhatsApp um manifesto da Fiemg (Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais) que endossa o discurso bolsonarista sobre supostos ataques à liberdade de expressão e faz críticas ao Supremo Tribunal Federal.

Nele, a entidade diz esperar que a "exacerbação"do STF "seja revisada".

A entidade já tinha se alinhado a Bolsonaro ao se recusar a assinar o manifesto pela harmonia entre os Três Poderes feito pela Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de SP) com endosso da Febraban, a federação que apoia os bancos. Ele foi adiado depois de intensa pressão do governo.

Segundo o que Bolsonaro reencaminhou à sua rede de amigos, a Fiemg decidiu fazer o seu próprio documento, intitulado "Manifesto pela liberdade". A federação já tinha anunciado que divulgaria um documento separado da Fiesp. Mas ainda não postou a nota enviada a Bolsonaro em seu site oficial.

Nele, a entidade critica o STF (Supremo Tribunal Federal) e defende sites investigados por divulgar fake news que foram alvo de ação do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e estão sendo desmonetizados.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos

Nova unidade da Unifesp deve levar cerca de mil pessoas por dia ao Centro Histórico

São Paulo 468 anos

78% dos paulistanos declaram que amam a cidade e não pretendem se mudar

Entre as referências que ilustram a "terra da garoa", 87% concordam que São Paulo é a melhor cidade para trabalhar

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software