X

Política

Bolsonaro espalha manifesto de federação de empresários de MG contra o STF

Nele, a Fiemg diz esperar que a 'exacerbação' do STF 'seja revisada'

Folhapress

Publicado em 01/09/2021 às 11:13

Atualizado em 01/09/2021 às 12:05

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

A entidade já tinha se alinhado a Bolsonaro ao se recusar a assinar o manifesto pela harmonia entre os Três Poderes / Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro está espalhando por WhatsApp um manifesto da Fiemg (Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais) que endossa o discurso bolsonarista sobre supostos ataques à liberdade de expressão e faz críticas ao Supremo Tribunal Federal.

Nele, a entidade diz esperar que a "exacerbação"do STF "seja revisada".

A entidade já tinha se alinhado a Bolsonaro ao se recusar a assinar o manifesto pela harmonia entre os Três Poderes feito pela Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de SP) com endosso da Febraban, a federação que apoia os bancos. Ele foi adiado depois de intensa pressão do governo.

Segundo o que Bolsonaro reencaminhou à sua rede de amigos, a Fiemg decidiu fazer o seu próprio documento, intitulado "Manifesto pela liberdade". A federação já tinha anunciado que divulgaria um documento separado da Fiesp. Mas ainda não postou a nota enviada a Bolsonaro em seu site oficial.

Nele, a entidade critica o STF (Supremo Tribunal Federal) e defende sites investigados por divulgar fake news que foram alvo de ação do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e estão sendo desmonetizados.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

COPA DO MUNDO 2022

Fifa anuncia venda antecipada de 2,45 milhões de ingressos para a Copa no Catar

A parcial teve um aumento de 50 mil ingressos vendidos em relação ao último anúncio feito na semana passada, quando faltavam 100 dias para o evento

Saúde

PG: sábado (20) tem Dia D de vacinação contra a polio e Multivacinação

Vacinas contra gripe e covid-19 também serão aplicadas nas Usafas

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software