Prefeitura Santos
Prefeitura Santos Mobile

Artigo: político tem que atuar para melhorar a vida da população

Uma das funções neste momento é agir para unir vários setores da sociedade em nome de um objetivo comum: ajudar quem mais precisa

Comentar
Compartilhar
20 MAI 2020Por Da Reportagem10h10
Foto: DIVULGAÇÃO

Por Tenente Coimbra

Estamos vivendo a maior crise da história deste país. Travamos uma guerra contra um inimigo invisível que deixa não só um rastro de mortes e doentes, mas uma legião de brasileiros sem renda. O desemprego cresce em níveis alarmantes e o poder de compra cai a ponto de famílias não terem comida para colocar na mesa. Nesse contexto, qual o papel da classe política durante a pandemia? 

Quando assumi a vaga na Assembleia Legislativa, fiz um juramento de trabalhar para melhorar a vida da população; fiscalizar o Executivo e moralizar a política. Durante essa crise, renovo diariamente esse juramento. Desde o início, mobilizamos o gabinete para pensarmos em formas de não só conseguir mais verba para o combate à doença; minimizarmos o impacto da recessão na vida da população e oferecermos ajuda humanitária a quem precisa. 

Para reforçar o cofre da Saúde, enviamos uma moção de apelo ao Congresso e à presidência da República para a utilização da verba do Fundo Partidário (cerca de R$ 2 bilhões) e apresentamos um projeto que corta pela metade os salários dos deputados, secretários de governo, vice-governador e do governador. 

Para reduzir o impacto da recessão nas famílias, apresentamos projetos que proíbem o aumento das tarifas de energia elétrica, água, gás e telecomunicações enquanto durar a pandemia e solicitamos ao governador João Doria a suspensão do aumento nos pedágios e das tarifas de travessias de balsas, que estão previstas para acontecer em 1ª de julho.

Outro projeto de nossa autoria proíbe o aumento dos impostos estaduais no ano que vem. O texto proposto atinge o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), o Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCMD) e o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

Acredito que uma das funções do político neste momento é agir para unir vários setores da sociedade em nome de um objetivo comum: ajudar quem mais precisa. Por isso conseguimos junto à fábrica da Ypê a doação de milhares de frascos de álcool em gel para distribuir a hospitais, profissionais de segurança pública e prefeituras da Baixada Santista. 

Montamos campanhas de arrecadação de cestas básicas para distribuir a famílias em situação de vulnerabilidade social da região da Baixada e distribuímos máscaras para a população de Santos. Com a colaboração de todos, podemos ajudar muito mais gente. 

Para cuidar dos heróis da segurança pública e de suas famílias, encaminhamos ao governador Doria uma indicação para que os procedimentos de apuração em caso de morte ou invalidez permanente da classe sejam agilizados.  

O momento é de união e empatia. Tenho certeza de que, com a ajuda de todos, poderemos derrotar esse inimigo comum. Vencer essa guerra é uma tarefa de todos e estou disposto a lutar até o fim!

Tenente Coimbra, deputado estadual