X
Política

Aprovação do governo Temer fica em 10%, diz pesquisa

Para 38,9%, o governo federal tem desempenho considerado regular. Outros 6,7% dos entrevistados disseram não saber ou não responderam

A aprovação do governo Temer ficou em 10%, segundo a pesquisa da CNT / Agência Brasil

Pesquisa da CNT (Confederação Nacional do Transporte) com o instituto MDA divulgada nesta quarta-feira (15) mostra que 44,1% dos brasileiros avaliam o governo do presidente Michel Temer como ruim ou péssimo, enquanto 10,3% têm uma visão positiva da gestão do peemedebista.

Para 38,9%, o governo federal tem desempenho considerado regular. Outros 6,7% dos entrevistados disseram não saber ou não responderam.

A reprovação da gestão Temer cresceu em relação à última pesquisa do instituto, realizada em outubro do ano passado, quando 36,7% da população avaliava o governo negativamente.

O índice atual, no entanto, ainda é bem menor do que números registrados em meados de 2015, quando o governo da então presidente Dilma Rousseff (PT) atingiu 71% de reprovação, segundo dados do mesmo instituto.

O levantamento divulgado nesta quarta foi realizado entre os dias 8 e 11 de fevereiro. Foram ouvidas 2.002 pessoas, em 138 municípios de 25 unidades federativas, das cinco regiões.

A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais. O nível de confiança é de 95%.

A pesquisa mediu ainda a opinião das pessoas com relação ao desempenho pessoal de Temer. Dos entrevistados, 24,4% aprovam o presidente, enquanto 62,4% o desaprovam.

Outros 13,2% disseram não saber ou não responderam.

Eleições 2018

A CNT/MDA também indagou as pessoas sobre suas intenções de voto para as eleições presidenciais de 2018. Na pesquisa espontânea, o ex-presidente Lula (PT) aparece na liderança, com 16,6% das intenções de voto.

O deputado Jair Bolsonaro (PSC) é o segundo colocado, 6,5%, seguido por Aécio Neves (2,2%), Marina Silva (1,8%), Michel Temer (1,1%), Dilma Rousseff (0,9%), Geraldo Alckmin (0,7%) e Ciro Gomes (0,4%).

O maior percentual, no entanto, é dos que se disseram indecisos: 57,1%. Outros 10,7% votariam branco ou nulo. E 2,0% afirmaram que votariam em outros candidatos.

Na pesquisa estimulada, isto é, quando o instituto fornece opções ao entrevistado, o ex-presidente Lula aparece em primeiro lugar em todos os cenários. No primeiro, o petista tem 30,5%, seguido por Marina Silva (11,8%), Jair Bolsonaro (11,3%), Aécio Neves (10,1%), Ciro Gomes (5,0%) e Michel Temer (3,7%). Brancos e nulos somam 16,3%, e 11,3% se dizem indecisos.

No segundo cenário projetado pelo instituto, Lula tem 31,8%, ante 12,1 de Marina Silva, 11,7% de Jair Bolsonaro, 9,1% de Geraldo Alckmin, 5,3% de Ciro Gomes e 1,0% de Josué Alencar. Brancos e nulo correspondem a 17,1%, e indecisos somam 11,9%.

No terceiro cenário, Lula aparece com 32,8%, seguido por Marina Silva (13,9%), Aécio Neves (12,1%) e Jair Bolsonaro (12,0%). Brancos e nulo são 18,6% e outros 10,6% dizem estar indecisos.

Segundo turno

Em eventual segundo turno nas eleições de 2018, Lula também lidera em todos os cenários em que é opção. Contra Aécio, o petista tem 39,7% das intenções de voto, ante 27,5% do tucano. Brancos e nulos são 25,5%, e indecisos correspondem a 7,3% neste cenário.

Contra o atual presidente Michel Temer, Lula teria uma vitória mais expressiva: 42,9%, ante 19,0% do peemedebista. Brancos e nulos somam 29,3%, e 8,8% dizem estar indecisos.
Já contra a ex-senadora Marina Silva, Lula registra 38,9% das intenções de voto. Marina tem 27,4%, branco e nulo chegam a 25,9% e indecisos somam 7,8%.

Em eventual segundo turno entre Aécio Neves e Michel Temer, o tucano tem 34,1% das intenções, contra 13,1% do atual presidente. Brancos e nulos registram 39,9% e 12,9% dizem estar indecisos.

Em um cenário onde Aécio e Marina disputam o segundo turno, há um empate técnico. O mineiro tem 28,6%, quase a mesma quantidade que a ex-senadora (28,3%). Brancos e nulo correspondem a 31,9%. Indecisos são 11,2%.

Por fim, o instituto simulou um embate entre Marina Silva e Michel Temer. Nessa situação, a ambientalista tem 34,4% das intenções de voto, contra 16,8% do peemedebista. Brancos e nulo somam 35,2%, ante 13,6% que dizem estar indecisos.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Oportunidade

Praia Grande tem 23 vagas de emprego disponíveis no PAT

Interessados devem comparecer ao local para retirar carta de encaminhamento

Cotidiano

Prefeitura de Mongaguá promove protagonismo infantil em minissérie

O projeto 'Liga do ECA' foi inspirado pela 'Liga da Justiça' e as crianças puderam construir seus personagens de acordo com os ensinamentos passados pelos educadores

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software