Após 31 anos, um Barbosa retorna ao Paço Municipal

Educação será a prioridade do Governo Paulo Alexandre Barbosa (PSDB). Na área da Saúde, ele se empenhará para reabrir o Hospital dos Estivadores.

Comentar
Compartilhar
01 JAN 201322h00

A Educação será a prioridade no Governo Paulo Alexandre Barbosa (PSDB). O novo prefeito de Santos citou o tema como prioritário por três vezes, em dois discursos e em uma entrevista, ao tomar posse ontem no Palácio José Bonifácio. “A Educação será a base do nosso governo”, deixou claro o novo chefe do Executivo.

Na área da Saúde, Paulo Alexandre Barbosa se empenhará para, nos próximos meses, reabrir o Hospital dos Estivadores e promover um “atendimento digno”.

A Habitação foi o terceiro item citado por ele. O tucano lembrou ter ficado comovido, durante a campanha, ao ver as condições dos cerca de 10 mil moradores que vivem em submoradias no Município. Na Ação Social, o sucessor de João Paulo Tavares Papa (PMDB) promoverá uma “ação integrada” entre várias secretarias para encaminhar a população de rua.

Esforços concentrados para a implantação do Sistema de Veículos Leves sobre Trilhos (VLT) serão a tônica da área de Mobilidade Urbana, bem como a remodelação da entrada da Cidade.

Paulo Alexandre Barbosa assumiu oficialmente o Palácio José Bonifácio nesta terça-feira (Foto: Matheus Tagé/DL)

Papa: ‘dever cumprido’

Ao se despedir depois de oito anos governando Santos, o prefeito João Paulo Tavares Papa também citou os avanços na Educação como ponto forte de seu governo, destacando o Programa Escola Total, que beneficia cerca de 10 mil alunos.

O ex-prefeito também enfatizou o Programa Santos Novos Tempos que, em sua avaliação, “está em pleno andamento”. Na Saúde, citou avanços como a aquisição do Hospital dos Estivadores, mas reconheceu o gargalo da falta de vagas nos leitos “das áreas públicas e privadas”.

A história se repete

A emoção que tomou conta de Paulo Alexandre não foi apenas pela concretização de seu sonho político. Ele lembrou que entrou pela primeira vez no Salão Nobre Esmeraldo Tarquínio no colo da mãe, quando tinha um ano para acompanhar a posse de seu pai Paulo Gomes Barbosa como prefeito de Santos.

Ontem, ele retornava ao mesmo local, com familiares e sua esposa carregando a pequena Gabriela, de também um ano. “E aqui foi o último lugar onde olhei nos olhos de meu pai”, lembrou, referindo-se ao velório do pai.