X
Política

Alckmin reitera carta de FHC, mas nega acordo com adversários

Fernando Henrique Cardoso (PSDB) pediu a união de candidatos de centro em torno do nome mais viável

Alckmin negou que vá fazer qualquer tentativa de negociação / Reprodução/Facebook

Em entrevista no Recife (PE), o candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, afirmou concordar plenamente com a carta do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) pedindo a união de candidatos de centro em torno do nome mais viável.

Alckmin negou, contudo, que vá fazer qualquer tentativa de negociação com Alvaro Dias (Podemos) e Henrique Meirelles (MDB) para que desistam de suas candidaturas em seu favor.

"Não vou procurar candidatos porque respeito, é legítimo que eles sejam. Mas a ideia é uma reflexão junto ao conjunto do eleitorado", disse nesta sexta-feira (21).

Sobre o conteúdo da carta de FHC, Alckmin o classificou como "uma reflexão sobre o momento político, dizendo os extremismos não vão ajudar o Brasil a sair da crise".

Seus principais alvos na reta final da campanha são o PT, representado por Fernando Haddad na disputa, e Jair Bolsonaro (PSL). Na pesquisa Datafolha divulgada na quinta-feira (20), Alckmin aparece com 9%, contra 28% do capitão da reserva e 16% do petista.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Condesb aprova selo de circulação de veículos de turismo na Região

Medida é exclusiva para agências de viagens e deve estimular a economia na Baixada Santista

SEGURANÇA

Projeto para instalação de câmeras OCR nas divisas com Itanhaém é protocolado no DER

As câmeras com tecnologia OCR (Reconhecimento Óptico de Caracteres) permitem a leitura de placas, ajudando a detectar veículos envolvidos em roubos, furtos e sequestros, inibindo a criminalidade e potencializando a fiscalização

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software