X

Política

Alckmin culpa PIB 'zero' por queda de popularidade

Segundo a mais recente pesquisa Datafolha, 38% dos entrevistados avaliaram a gestão Alckmin como "ótima" ou "boa" - 10 pontos porcentuais a menos do que no levantamento anterior

Publicado em 10/02/2015 às 11:53

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), afirmou na segunda-feira, 9, que a avaliação negativa dos governos municipal, estadual e federal se deve a um "momento de grande dificuldade" no País. O tucano atribuiu os baixos índices de popularidade dos governantes ao mau desempenho da economia associado à crise hídrica, classificada por ele como um "problema climático".

Segundo a mais recente pesquisa Datafolha, divulgada no sábado, 38% dos entrevistados avaliaram a gestão Alckmin como "ótima" ou "boa" - 10 pontos porcentuais a menos do que no levantamento anterior. As aprovações da presidente Dilma Rousseff (PT) e do prefeito Fernando Haddad (PT) também caíram.

O tucano atribuiu os baixos índices de popularidade dos governantes ao mau desempenho da economia associado à crise hídrica (Foto: Divulgação)

"Olha, é óbvio, porque se você tem economia que no ano passado ficou a zero e neste ano a dúvida é se vai ser zero ou o PIB (Produto Interno Bruto) vai ser negativo, claro que é um momento de grande dificuldade", afirmou o tucano. "Isso tem reflexo em salário, renda. Associado a isso, você ainda tem um problema climático, que nós temos que ter um projeto de trabalho."

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Oportunidade

Praia Grande oferece 50 vagas gratuitas para oficina de fotografia

Inscrições começam na próxima segunda (22), no Palácio das Artes

COPA DO BRASIL

Sorteio define mandos das semis da Copa do Brasil; veja quem decidirá em casa

É a primeira vez na história que uma competição de cunho nacional terá a decisão das semis sendo do eixo Rio-SP, com 2 de cada estado

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software