Advogado de Palocci discute com Sergio Moro durante audiência

O magistrado pediu para que a testemunha falasse o que entendeu de um e-mail

Comentar
Compartilhar
06 MAR 2017Por Folhapress19h29
Advogado José Roberto Batochio discutiu com o juiz Sergio MoroAdvogado José Roberto Batochio discutiu com o juiz Sergio MoroFoto: Divulgação/CNJ

Ao final de audiência realizada nesta segunda (6), que envolveu o executivo Fernando Sampaio Barbosa, do grupo Odebrecht, o advogado de Palocci, José Roberto Batochio, discutiu com o juiz Sergio Moro -que sugeriu a ele que fizesse um concurso para juiz.

O magistrado pediu para que a testemunha falasse o que entendeu de um e-mail, no qual uma negociação do PT com o diretor da Petrobras Renato Duque era mencionada.

Batochio reclamou que testemunhas precisam depor sobre fatos, e não sobre o que acham ou entendem. "Testemunha não pode achar nada. A não ser que haja aí um outro Código de Processo Penal. Eu não vou aceitar esta violência", disse.

"O doutor faça concurso para juiz e assuma, então, a condução da audiência", respondeu Moro.

O juiz entendeu que, como Barbosa era destinatário do e-mail, a pergunta era pertinente.

Durante a audiência, Barbosa afirmou que o apelido "Italiano", mencionado em e-mails e planilhas da empreiteira, é uma referência ao ex-ministro Antonio Palocci -preso pela Operação Lava Jato. A defesa nega.