Advogadas recebem denúncia de pessoas que estão difamando Marielle nas redes sociais

O grupo já recebeu mais de três mil e-mails com prints e informações de pessoas que estão difamando ou compartilhando conteúdos caluniosos contra a vereadora.

Comentar
Compartilhar
18 MAR 2018Por Da Reportagem20h20

Um grupo volunário de advogadas está recebendo, via e-mail, denúncias sobre pessoas e páginas que estão publicando ou compartilhando inverdades e/ou conteúdo difamatório contra a vereadora Marielle Franco, que foi assassinada essa semana.

Até o momento já foram enviados mais de três mil e-mails com áudios, prints e informações de pessoas que estão compartilhando os materiais em suas redes sociais. As advogadas prometem levar todas as denúncias à Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI) da Polícia Civil e, também, à justiça.

Centenas de publicações caluniosas e mentirosas sobre a infância, adolescência e vida política de Marielle ganharam força nos últimos dias, sendo compartilhadas por milhares de internautas que não tiveram o devido cuidado em checar se aquelas informações eram verdadeiras. Porém, agora, qualquer pessoa que tenha publicado ou compartilhado esse material poderá ser denunciada.

O e-mail para onde as denúncias devem ser enviadas é o: 

[email protected]

O denunciante precisa printar a postagem e também copiar o link da página ou do perfil particular que publicou o material. Em casos de difamação via whatsapp ou outras redes com áudio, a mensagem de voz deverá ser encaminhada juntamente com o número do celular da pessoa (com o DDD).

Caso o denunciante tenha mais informações sobre a pessoa ou página (local que trabalha, mora, estuda etc.), as advogadas pedem que tudo isso seja acrescentado ao corpo do e-mail.