X

Política

A motivação era me tirar do páreo, diz Richa sobre prisão

O ex-governador do Paraná foi detido por quatro dias, numa investigação que apura desvios em obras públicas do estado

Folhapress

Publicado em 18/09/2018 às 21:45

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

Beto Richa foi detido temporariamente na semana passada / Agência Brasil

No primeiro ato de campanha depois de sua prisão, o ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB), candidato ao Senado e detido temporariamente na semana passada, afirmou nesta terça (18) que viveu "uma verdadeira operação de guerra".

"Dá para perceber qual era a motivação: me tirar do páreo", disse o tucano, a cerca de cem prefeitos e candidatos que foram manifestar apoio e solidariedade ao político.

Richa foi detido por quatro dias, numa investigação que apura desvios em obras públicas do estado, e libertado por ordem do STF (Supremo Tribunal Federal). Ele nega as suspeitas e manteve a candidatura, apesar da oposição de sua coligação, que pediu a sua exclusão da chapa.

No evento desta terça, ele afirmou que foi vítima de um Estado policial, e que os políticos "viraram uma espécie a ser extinta" no Brasil.

"Todos os tiranos, em algum momento da história, sempre detestaram os políticos", declarou.

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Nacional

Armado com uma espada, homem invade hospital e ataca segurança; assista

Apesar do ataque, o segurança não ficou ferido e retirou o agressor da unidade médica

Cotidiano

Vacinação da gripe será antecipada para março

A estratégia costuma acontecer entre os meses de abril e maio, mas, neste ano, terá início no dia 25 de março, devido a uma "antecipação da circulação de vírus respiratórios"

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter