Unimes foi alvo de fraude, diz Polícia Federal

A Polícia Federal divulgou que quadrilhas agiram em 38 faculdades.

Comentar
Compartilhar
15 DEZ 201211h25

A Polícia Federal (PF) divulgou nesta sexta-feira (14) uma lista com 38 faculdades do país onde foram constatadas fraudes ou tentativas em vestibulares de Medicina. As instituições de ensino, de acordo com a Polícia Federal, foram vítimas de grupos criminosos já desbaratados durante a Operação Calouro, deflagrada na última quarta-feira(12).

Na lista de faculdades, consta a Universidade Metropolitana de Santos (Unimes). Cinquenta e uma pessoas foram presas na operação, até 18 horas de quinta-feira (13). Do total de prisões até agora, 18 foram em Goiás;
 
A Polícia Federal divulgou que quadrilhas agiram em 38 faculdades vestibulares nove em Minas Gerais; cinco no Rio de Janeiro; cinco em São Paulo; quatro no Distrito Federal; quatro no Rio Grande do Sul; três no Tocantis; duas no Espírito Santo e uma no Acre. Dezenove pessoas permaneciam foragidas nesta sexta.
 
A Unimes informou vestibulandos são identificados por meio de impressão digital. (Foto: Matheus Tagé/ DL)
 
De acordo com a Polícia Federal, o valor das vagas ficava em torno de R$ 45 mil a R$ 80 mil. O esquema funcionava de duas maneiras. Com envolvidos fazendo provas no lugar de vestibulandos, mediante uso de documentos falsos, ou, então, transmissão de informações de gabarito por celular para os candidatos. 
 
Unimes
 
Por meio de nota à imprensa, a Unimes informou que seu vestibular tem identificação de candidatos por meio de impressão digital. A assessoria da universidade
ainda informou que está à disposição da Polícia Federal  para qualquer eventual questão sobre o assunto”.