Três estrangeiros são presos por tráfico em Guarujá

Policiais civis apreenderam 2,3 quilos de cocaína com elevado grau de pureza e evitaram tentativa de envio ao exterior

Comentar
Compartilhar
01 FEV 2019Por Gilmar Alves Jr.20h58
Os três homens foram presos em um conjunto habitacional no bairro Parque EnseadaFoto: Divulgação/Polícia Civil

Um português e dois angolanos foram presos em flagrante, por tráfico de drogas, no início da manhã desta sexta-feira (1º) em um apartamento  no Parque Enseada, em Guarujá. Policiais civis apreenderam 2,3 quilos de cocaína com elevado grau de pureza no imóvel e evitaram o plano do acusado português de tentar embarcar em um voo a seu país de origem, na noite de desta sexta, com a droga escondida na roupa.

De acordo com a Polícia Civil, Marco João Soares Baião, de 33 anos, receberia três mil euros por cada quilo de cocaína entregue em Portugal. Os presos angolanos são Tanto João, de 47 anos, e Manuel Bruno, de 45.

Os dois, quando foram abordados, estavam com vestígios de cocaína nos braços porque estavam manufaturando a cocaína, segundo ­investigadores.

Mandado de busca

A diligência que resultou no flagrante foi feita com respaldo de mandado de busca e apreensão expedido pela 3ª Vara Criminal.

Sob o comando do delegado Marco Antônio do Couto Perez, titular de Guarujá, e do investigador-chefe, Eloy Flórido, os policiais Antônio da Luz e Roberto Lima Júnior chegaram ao conjunto habitacional onde fica o apartamento, na Rua Flávio Humberto Ribizzi, por volta das 8h30 e se depararam com um homem e uma mulher em fuga dentro de um Saveiro. O motorista chegou a derrubar o portão do conjunto habitacional e segurava uma arma na mão direita.

Os policiais atiraram contra os pneus do Saveiro, mas a fuga não foi evitada.

Na sequência, os policiais seguiram para o apartamento e impediram qualquer possibilidade de fuga dos três estrangeiros. Os policiais informaram que apreenderam no apartamento um cartão de beneficiário do Bolsa Família do angolano Manoel Bruno. 

Até a noite desta sexta, segundo a Polícia Civil, os presos ainda não tinham advogados.

O motorista que fugiu já foi identificado e seguirá sendo alvo de buscas. O Saveiro foi apreendido em um prédio na Rua Acre, na Enseada.

Colunas

Contraponto