'Segurança' que usa arma airsoft reage a roubo e acaba baleado em Guarujá

Ocupando moto, o rapaz estava em um trabalho de escolta de um carro que transportava dinheiro de uma empresa

Comentar
Compartilhar
16 SET 2020Por Gilmar Alves Jr.17h33
Modelo de divulgação de uma arma do tipo airsoftFoto: Reprodução

Um rapaz de 20 anos que utilizava uma arma airsoft para uma escolta reagiu a uma tentativa de roubo cometida contra um cliente no Pae Cará, em Vicente de Carvalho, e acabou baleado na coxa esquerda durante a noite desta terça-feira (15).

Mesmo após a dupla de assaltantes atirar contra o carro onde o cliente transportava valores juntamente com um motorista, o responsável pela escolta, ocupando uma moto, sacou sua airsoft descarregada, momento em que escutou três tiros, sendo atingido por um deles. O crime ocorreu na Rua São Paulo do Valão, por volta das 19h30.

Os bandidos decidiram fugir sem nada levar. Registrado na Delegacia Sede de Guarujá, o caso será investigado pelo 2° Distrito Policial da Cidade.

De acordo com o registro da ocorrência, populares disseram para a polícia que o empresário foi baleado no braço direito e seguiu para São Paulo. Diligências foram realizadas, mas este fato não foi esclarecido até o final do registro do caso.

O rapaz baleado foi socorrido para o Hospital Santo Amaro (HSA), onde recebeu pontos na coxa.

Semáforo

Os dois bandidos, que desembarcaram de um Fox, realizaram a tentativa de assalto quando o carro ocupado pelo empresário, um Onix, chegou a um semáforo. O Fox estava à frente.

Atrás do Onix estava um Celta ocupado por uma funcionária da empresa e a moto ocupada pelo rapaz da escolta.