Roubo de celular sobe 54,48% no mês de julho em Santos

Foram 224 casos registrados ante 145, de acordo com dados levantados pelo Diário do Litoral no Portal da Transparência da Secretaria da Segurança Pública

Comentar
Compartilhar
07 SET 2018Por Gilmar Alves Jr.08h00
Ocorrências de roubo de celular na Cidade subiram 54,48% em julhoOcorrências de roubo de celular na Cidade subiram 54,48% em julhoFoto: Rodrigo Montaldi/DL

As ocorrências de roubo de celular em Santos subiram 54,48% em julho deste ano na comparação com o mesmo período do ano passado. Foram 224 casos registrados ante 145, de acordo com dados levantados pelo Diário do Litoral no Portal da Transparência da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

Das 224 ocorrências do gênero notificadas à Polícia Civil em julho, 71 delas, 31,70% do total, ocorreram na circunscrição do 5º Distrito Policial, que abrange a Zona Noroeste. Esta área teve um crescimento de roubo de celular de 144,83% em relação a julho do ano passado, quando houve 29 ­registros.

Reportagem do Diário do Litoral publicada em 26 de agosto mostrou que no 1º semestre de 2018, na Zona Noroeste, a alta foi de 12,41% em relação ao mesmo período de desde 2017. Houve 326 casos ante 290.                     

Em julho deste ano, com exceção da área do 3º Distrito Policial (Ponta da Praia, Aparecida, Embaré, Macuco e Estuário), as circunscrições de Santos, assim como o 5º DP, tiveram alta de roubo de celular na comparação com o mesmo mês de 2017.

Na área do 1º DP , que abrange Centro, Valongo, morros Pacheco, Monte Serrat, São Bento e Área Continental de Santos,  a alta foi de 13 para 33 casos (+153,85).

Na circunscrição do 2º DP (Jabaquara, Vila Belmiro, Campo Grande, Marapé, parte do José Menino e da Vila Mathias), os casos subiram de 30 para 38 (+26,67%).

As ocorrências na área do 4º DP (Vila Nova, Paquetá, parte da Vila Mathias e do Centro) subiram de 11 para 20 (+81,82%). Na região de abrangência do 7º DP (Gonzaga, Boqueirão, Pompéia e parte do José Menino), os casos passaram de 28 para 35 (+25%).

Na circunscrição do 3º DP, foram 27 casos em julho deste ano ante 34 no  mesmo período de 2017, o que representou redução de 20,59%.

Sete meses

Na comparação das ocorrências de roubo de celular de janeiro a julho de 2018 com o mesmo período do ano passado houve queda de 11,60%. Foram 1.388 casos ante 1.549.

“Quero mudar para Portugal”, afirma morador da ZN assaltado três vezes

De 2015 para 2018, um coordenador de transportes de 43 anos foi vítima de três roubos de celular, entre outros pertences, na Zona Noroeste. Morador da Vila São Jorge, ele diz que não há condições de seus dois filhos adolescentes andarem sozinhos naquela região.

“Quero me mudar para Portugal”, disse o coordenador ao Diário do Litoral na tarde de segunda-feira (3). O homem ainda afirma que já iniciou procedimentos para mudar com a mulher e os filhos até o final do primeiro semestre de 2018.

O filho mais velho do coordenador, de 17 anos, vai prestar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) visando ingressar em uma universidade em Portugal como parte dos planos da família.

Ainda sobre os roubos de celular no bairro, o coordenador afirma: “infelizmente tem que compre (produto de assalto) e tem quem roube”.

Um cozinheiro de 41 anos que trabalha na Zona Noroeste disse ao Diário do Litoral que “não atende celular nas ruas de jeito nenhum” para evitar assaltos.

Ele diz que até para visualizar mensagens aguarda chegar em um lugar seguro e movimentado para usar o aparelho.

Na tarde de segunda (3), um operador de empilhadeira de 36 anos usava celular em frente a um supermercado na Avenida Nossa Senhora de Fátima e disse à Reportagem que também não costuma usar o aparelho em lugares pouco movimentados.

SSP diz que PM reforçou policiamento

Por meio de nota, a Secretaria da Segurança Pública informou que as polícias Militar e Civil estão empenhadas no combate aos roubos e furtos de celulares em Santos.

“A Polícia Militar está atenta à dinâmica criminal e reforçou o policiamento com ações de presença nas regiões com maior incidência desse tipo de crime. Tais operações contam com o apoio da Ronda Ostensiva com Apoio de ­Motocicletas (Rocam)”, afirmou a pasta.

“No mês de julho, seis pessoas foram presas em flagrante pela prática desses delitos”, informou.

Circunscrição         Julho de 2017    Julho de 2018    Percentual de variação

1º DP (Centro)                13                       33                       (+153,85%)
2º DP (Jabaquara)           30                       38                       (+26,67%)
3º DP (Ponta da Praia)    34                       27                       (-20,59%)
4º DP (Vila Mathias)      11                        20                       (+81,82%)
5º DP (Bom Retiro)        29                       71                        (+144,83%)
7º DP (Gonzaga)             28                       35                        (+25%)