Remessa de 124 kg de cocaína do PCC que iria para Liverpool é apreendida em Santos

A ação foi resultado do trabalho contínuo de combate às atividades da facção desenvolvido pela Deic da Baixada Santista

Comentar
Compartilhar
11 MAI 2021Por Gilmar Alves Jr.18h30
Droga teria como destino o Porto de Liverpool, na InglaterraDroga teria como destino o Porto de Liverpool, na InglaterraFoto: Divulgação

Uma remessa de 124 quilos de cocaína do Primeiro Comando da Capital (PCC) foi apreendida em um contêiner de café, na Alemoa, em Santos, e teria como destino o Porto de Liverpool, na Inglaterra. A ação, na tarde desta segunda-feira (10) em um terminal não alfandegado, foi resultado do trabalho contínuo de combate às atividades da facção desenvolvido pela Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) da Baixada Santista.

Uma informação precisa sobre o contêiner, inclusive com numeração, motivou a diligência. Sobre a localização do contêiner, havia duas hipóteses: nas imediações de uma empresa em Vicente de Carvalho ou na Alemoa.

Diante da complexidade da ocorrência, policiais da Delegacia de Guarujá também foram mobilizados para apurar as informações relacionadas à primeira hipótese.

Sob coordenação do delegado Luiz Ricardo de Lara Dias Júnior, titular da 1ª Delegacia da Deic, e do investigador-chefe, Paulo Carvalhal, os policiais que iniciaram a investigação foram ao terminal não alfandegado em Santos e buscaram junto ao proprietário do local o contêiner suspeito em consulta aos sistemas informatizados.

Policiais da Deic regional obtiveram informação precisa sobre o contêiner de café, o que desencadeou diligências (Divulgação/Polícia Civil)

Diante da constatação de que o contêiner estava de fato ali foi acionado reforço dos policiais de Guarujá. Foi preparada uma ação para retirada do contêiner do setor onde estava empilhado e aberto.

Comunicado sobre a ocorrência, o delegado Francisco Wenceslau, assistente da 1ª Delegacia, acionou de imediato perícia do Instituto de Criminalística (IC).

Durante as buscas conjuntas e após a remoção da carga de café foram encontrados 117 tabletes contendo cocaína, com peso total de 174,1 quilos da droga.

Ainda foi recolhido um lacre intacto preso a um dos tabletes de cocaína. O objeto é destinado para uso em contêineres e será objeto de apuração na sequência das investigações.