X
Polícia

Receita apreende 650 quilos de cocaína no Porto de Santos

O entorpecente estava em meio a uma carga de soja em sacas; neste ano, quantidade de cocaína apreendida no cais santista ultrapassa 10 toneladas

A droga foi localizada em um trabalho de análise de risco que contou com auxílio de cães de faro / Divulgação/Receita Federal

A Receita Federal apreendeu ontem 650 quilos de cocaína no Porto de Santos e evitou o envio do entorpecente para o Porto de Antuérpia, na Bélgica.

Ninguém foi preso e um inquérito da Polícia Federal (PF) irá apurar quem são os responsáveis pela droga.

Segundo a assessoria de comunicação da Receita, a cocaína estava oculta em uma carga de soja em sacas e foi localizada em um trabalho de análise de risco que contou com auxílio de cães de faro.

"Suspeita-se do emprego da técnica criminosa conhecida por 'rip-off loading', na qual a droga é inserida em uma carga regular, sem o conhecimento do proprietário", informou a Receita.

Este modus operandi é recorrente nas tentativas de envio de cocaína via Porto de Santos ao Exterior.

10 toneladas

Com a apreensão de ontem, a quantidade de cocaína apreendida neste ano no cais santista ultrapassa 10 toneladas.

Em todo o ano de 2017, a Receita Federal apreendeu 11,5 toneladas de cocaína no Porto de Santos, o que representou um recorde histórico. Em 2016, foram 10,6 toneladas recolhidas.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

SEGURANÇA

Projeto para instalação de câmeras OCR nas divisas com Itanhaém é protocolado no DER

As câmeras com tecnologia OCR (Reconhecimento Óptico de Caracteres) permitem a leitura de placas, ajudando a detectar veículos envolvidos em roubos, furtos e sequestros, inibindo a criminalidade e potencializando a fiscalização

Prazo para Prefeitura de Santos eliminar cargos comissionados chega ao fim

Segundo Portal da Transparência, a Prefeitura mantém 319 comissionados e 10.882 funcionários de carreira (concursados)

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software