Quatro homens são presos por dois roubos em Guarulhos

O roubo ocorreu em Guarulhos, na Grande São Paulo. Um dos assaltantes era foragido da Justiça.

Comentar
Compartilhar
01 DEZ 201220h26

Policiais militares prenderam quatro homens que haviam roubado dois estabelecimentos comerciais, em Guarulhos, na Grande São Paulo. Um deles era foragido da Justiça. A ação ocorreu no final da noite de sábado.

Os policiais passavam pela Avenida Paulo Faccini, quando viram um Fiat Palio, de cor preta, com quatro homens. Os suspeitos tentaram fugir e jogaram um objeto na rua, mas logo pararam o veículo. No carro, foram encontrados R$ 629,80 distribuídos pelo banco traseiro e volante, além de 17 maços de cigarros, seis isqueiros e quatro garrafas de bebida.

Pouco antes, os PMs tinham recebido informações sobre um roubo em uma pizzaria e outro em um bar. As vítimas foram até o 1º Distrito Policial de Guarulhos (Centro), onde reconheceram R.C.S., vigilante de 24 anos, R.A.P., autônomo de 22, T.S., ajudante geral de 25, e M.A.R., vigilante de 27 anos.

O ajudante geral apresentou um RG falso, mas depois acabou revelando sua verdadeira identidade. Ele afirmou que era procurado pela Justiça e que os produtos haviam sido roubados. Os outros acusados também confessaram o roubo.O objeto jogado na rua por eles durante a fuga foi recuperado. Era uma carteira com quatro cartões de banco, duas folhas de cheque, um vale alimentação e um cartão de academia.

Eles foram reconhecidos pelas vítimas e indiciados em flagrante por roubo. O caso foi registrado no 1° DP de Guarulhos como roubo a estabelecimento comercial, captura de procurado, uso de documento falso e localização / apreensão de objeto.Segundo relato das vítimas, por volta das 21h40 dois homens entraram no bar e anunciaram o assalto. Um deles estava armado. Depois de roubarem dinheiro, algumas bebidas e produtos do caixa, pegaram também o boné de um rapaz que passava pelo local.

Os homens fugiram a pé até a esquina, possivelmente para encontrar R.C.S., que dirigia o carro. Os proprietários do bar reconheceram R.A.P. e T.S. como os criminosos.

Já na pizzaria, o crime aconteceu por volta das 22 horas, quando os assaltantes entraram no bar e anunciaram o roubo. Um deles estava armado. Depois de pegarem o dinheiro do caixa, também fugiram a pé. Os proprietários da pizzaria reconheceram R.A.P. e M.A.R.