Polícia

Quase 4 mil presos se beneficiam da saidinha temporária na Baixada Santista

Detentos já estão pelas ruas da região e devem retornar aos presídios somente na próxima semana

Luana Fernandes

Publicado em 15/09/2022 às 16:05

Comentar:

Compartilhe:

No CPP de Mongaguá 2.292 detentos ganharam 'saidinha' / Divulgação/TJ-SP

3.840 presos em regime semiaberto ganharam saída temporária de setembro na Baixada Santista. O benefício começou a valer nesta terça-feira (13) em todas as penitenciárias da Região. Os detentos devem voltado à prisão na segunda (19). Caso contrário, estarão foragidos.

O maior número de presos liberados foi no Centro de Progressão Penitenciária (CPP) de Mongaguá: 2.292 detentos. Do CPP de São Vicente saíram 819 presos. Os números foram divulgados pela Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (SAP).

A lista fica completa com as saidinhas das penitenciárias 1 e 2 de São Vicente: 343 e 386 presos, respectivamente. Os Centros de Detenção Provisória (CDP) de São Vicente e Praia Grande não entram na contagem, já que não recebem presos do regime semiaberto.

O total de beneficiados é maior do que nas duas saidinhas que já ocorreram neste ano. Em março, 3.616 presos deixaram as quatro penitenciárias. Em junho, o número foi de 3.691 detentos.

A saída temporária é prevista na Lei de Execução Penal (7.210/1984). No Estado de São Paulo, as datas são reguladas pela portaria 02/2019, do Departamento Estadual de Execuções Criminais (Deecrim).

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Diário Mais

Descubra os nomes inspirados no espaço sideral que são mais escolhidos

A novela 'Família é Tudo', se aproveitou dessa popularidade e nomeou as protagonistas em homenagem ao Sistema Solar

Cotidiano

Sua grande chance! PATs do Litoral de SP oferecem 319 vagas de emprego; confira

Oportunidades são para todos os níveis de escolaridade

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter