Quadrilha é presa após roubo e perseguição policial em Mongaguá

Suspeitos foram detidos por render e roubar uma família na noite da última terça-feira (5) 

Comentar
Compartilhar
06 OUT 2021Por Da Reportagem16h27
Os suspeitos foram presos em flagrante e levados até a Delegacia Sede de MongaguáOs suspeitos foram presos em flagrante e levados até a Delegacia Sede de MongaguáFoto: Reprodução/Google Maps

Cinco pessoas foram presas pela Polícia Militar nesta última terça-feira (5), por suspeita de participarem de roubo em uma residência na Vila Atlântica, em Mongaguá. Quatro homens e uma mulher formavam a quadrilha, que foi presa em flagrante portando celulares, dinheiro e um notebook.

Segundo a Polícia, agentes da Força Tática patrulhavam a cidade quando, por volta das 22h, receberam o chamado de um roubo em uma casa na Vila Atlântica. A quadrilha entrou na residência, rendeu os moradores e roubou vários itens. Logo em seguida, eles fugiram em um carro preto, em direção a rodovia Padre Manoel da Nóbrega.

Os policias então iniciaram as buscas pelo município, a partir do relato das vítimas. Na avenida Nossa Senhora de Fátima, eles avistaram um carro com caraterísticas similares ao informado pelos moradores e ocupado por cinco pessoas. Os agentes deram ordem de parada, mas o motorista tentou fugir.

A equipe da PM perseguiu o veículo e, por fim, conseguiu abordar os suspeitos na avenida Antônio Humberto Tortora. Dois deles tentaram fugir a pé, mas foram capturados. Outros dois foram detidos dentro do carro e a mulher foi abordada ao tentar entrar em uma casa.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

Ao serem revistados, os policiais recolheram um simulacro de arma de fogo com um dos suspeitos. Dentro do carro foram localizados outro simulacro de pistola e uma mochila pertecente às vítimas. O veículo também foi apreendido.

As cinco pessoas foram levadas à Delegacia Sede de Mongaguá. As vítimas fizeram o reconhecimento dos suspeitos, que foram presos em flagrante e ficarão à disposição da Justiça.