Procurado pela Justiça embriagado atropela e mata mulher em Santos

Maria Colares, de 47 anos, aguardava um ônibus com filho, ainda criança, que também foi atingido nesta quarta-feira (28)

Comentar
Compartilhar
28 OUT 2020Por Gilmar Alves Jr.16h57
O atropelamento fatal ocorreu na Rodovia Cônego Domênico RangoniFoto: Reprodução/Google Maps

Um procurado pela Justiça de 23 anos, que dirigia embriagado, foi preso por atropelar e matar, na manhã desta quarta-feira (28), Maria Eliane Colares, de 47 anos, que aguardava um ônibus com o filho, ainda criança, na Rodovia Cônego Domênico Rangoni, no Quilombo, na Área Continental de Santos. A criança também foi atingida, mas não teve ferimentos graves.

Após atropelar as vítimas, na altura do km 258, o procurado saiu do carro e tentou fugir correndo, mas foi alcançado por um motorista de caminhão, que o conteve até a chegada da polícia. Informalmente, o acusado disse que estava “virado”. Teste de embriaguez feito pela Polícia Militar Rodoviária apontou 0,39 mg por litro de ar expelido, segundo o registro da ocorrência.

Maria chegou a ser levada ao Hospital Municipal de Cubatão, mas não resistiu em virtude da gravidade dos ferimentos.

O motorista do caminhão afirmou aos policiais que seguia em direção a Guarujá quando foi ultrapassado em alta velocidade pelo procurado, que dirigia um Celta prata, e atingiu mãe e filho quando ambos estavam sentados em uma mureta à espera do coletivo, às 7h20.

Enquanto o motorista correu para alcançar o homem, um segundo ocupante da criança ajudou a socorrer a criança.

O procurado foi autuado em flagrante no 1ª DP de Santos por homicídio culposo qualificado por dirigir embriagado e por não possuir habilitação. Ele era procurado, segundo a polícia, pela 1ª Vara Criminal de Santos.