CAMPANHA DE 1 A 11

Preso por tráfico, homem tenta subornar PMs com R$ 1 mil por semana em PG

O caso ocorreu na segunda-feira (24) de Carnaval, no Balneário Esmeralda, em Praia Grande

Comentar
Compartilhar
27 FEV 2020Por Gilmar Alves Jr.19h50
O homem foi autuado por tráfico de drogas e corrupção ativa na Delegacia de Praia GrandeFoto: Rodrigo Montaldi/Arquivo DL

Um rapaz de 24 anos foi preso em flagrante, na segunda-feira de Carnaval (no dia 24), por tráfico de drogas e por corrupção ativa, já que ofereceu R$ 1 mil por semana para tentar evitar sua prisão em flagrante, no Balneário Esmeralda, em Praia Grande. 

Os policiais, do 45º BPM/I, apreenderam 126 porções de drogas, sendo 88 de crack e 38 de cocaína, além de cerca de R$ 150,00. 

De acordo com o registro do caso, uma denúncia anônima levou os policiais até o acusado, na Rua Hermenegildo Pereira de França, durante a tarde de segunda. 

As informações davam conta que o homem seria o responsável pelo tráfico de drogas naquele momento, além das características físicas e vestimentas. 

Às 16h49, o rapaz foi abordado. Em buscas no terreno baldio onde, segundo a PM, ele guardava as drogas, foram encontradas as porções dos tóxicos e R$ 156,00. 

Ao notar que os policiais tinham encontrado o entorpecente e que estava na iminência de ser por tráfico, o rapaz logo tentou subornar os policiais. 

O detido, que também é vendedor ambulante, foi levado à Delegacia Sede de Praia Grande, onde foi autuado pelo delegado Rodrigo Martins Lotti e removido ao cárcere.

Balanço

O 2º Batalhão da Ações Especiais de Polícia (2º Baep) divulgou nesta quinta-feira (27) que no período de Carnaval, entre os dias 21 e 26, deteve onze pessoas na Baixada Santista, incluindo três adolescentes.

Dentre o grupo de detidos estão cinco pessoas procuradas pela Justiça. Dois veículos foram recuperados, houve dois flagrantes de tráfico de drogas e duas armas de fogo foram recolhidas.

Em uma só ocorrência, em Guarujá, três homens e uma mulher foram indiciados por tráfico, associação ao tráfico e porte ilegal de arma.