Polícia prende duas mulheres por suspeita de tráfico de drogas no Chico de Paula

Os investigadores efetuavam diligências pelo bairro atuando no combate ao tráfico e consumo de drogas, quando avistaram uma das mulheres

Comentar
Compartilhar
10 SET 2020Por Da Reportagem09h30
Agentes descobriram que uma das mulheres era procurada pela justiçaFoto: Divulgação / Polícia Civil

Policiais da 1ª Delegacia de Investigações Gerais da DEIC apreenderam duas mulheres, uma de 37 anos de idade e outra de 38, portando porções de maconha e cocaína no bairro Chico de Paula, em Santos, durante a tarde desta quarta-feira (9).

Os investigadores efetuavam diligências pelo bairro atuando no combate ao tráfico e consumo de drogas, quando avistaram uma das mulheres sentada em uma cadeira na porta de um comércio montado na garagem de uma residência. Ao notar que ela demonstrava sinais de nervosismo com a chegada dos policiais, a equipe passou a suspeitar da reação e decidiu abordá-la.

Ao seu lado, havia uma bolsa, que a suspeita afirmou lhe pertencer. Em revista no interior da bolsa, os policiais encontraram tiras de maconha e pinos de cocaína. A pochete que estava presa em sua cintura, continha mais drogas e a quantia de R$ 253,00 em dinheiro trocado. No total foram apreendidas 68 cápsulas de cocaína, totalizando 80 gramas, 121 pedras de crack que equivaliam a 30 gramas e 150 gramas de maconha separada em 38 porções.

Em pesquisa ao seu antecedente criminal, os agentes descobriram que a mulher era procurada pela justiça, tendo contra si mandado de prisão expedido pela 2ª Vara Criminal de Registro, por tráfico de drogas e associação ao tráfico. Ela permitiu a entrada no interior do imóvel, onde os policiais localizaram dois galões de lança-perfume e mais 57 frascos menores contendo a mesma substância. Outros objetos relacionados ao tráfico de drogas também foram apreendidos.

A residência era moradia da mulher de 38 anos, que encontrava-se no local. As duas receberam voz de prisão em flagrante e foram encaminhadas à delegacia especializada para as providências cabíveis.